ENTRAR NA PLATAFORMA
O abuso de poder e de autoridade no Brasil

        Dentre vários símbolos que representam a nação, destaca-se a bandeira brasileira, com lema de base positivista: Ordem e progresso. Todavia, muitas vezes, esse bordão é impedido de ser cumprido, uma vez que o abuso de poder e autoridade no país ainda representa um óbice social antagonista aos princípios expostos. Logo, é indubitável analisar os desdobramentos dessa problemática, a fim de combater suas raízes.
    Primeiramente, é válido salientar que o entrave vigente é fruto de um passado histórico perpetuado no país. Desde seu descobrimento, em 1500, o território brasileiro sempre foi marcado por uma forte hierarquização, pautada em relações de domínio e exploração com base em um status social, majoritariamente adquirido no nascimento. Hodiernamente, apesar da Constituição Cidadã ressaltar a igualdade de todos, o legado do abuso de poder ainda é significativo e recorrente, tanto socialmente, quanto politicamente, moldando suas obscuras formas de manifestação conforme a reorganização das contemporaneidade vivida e, assim, enraizando-o ainda mais.
    Outrossim, é cabível salientar as consequências provenientes dessa pauta. Nesse ínterim, o primeiro ponto a ser destacado é a violação dos direitos cidadãos, pois a vítima, estando sob pressão, já está sob coerção, correndo risco de abrir mão de sua liberdade, seja qual for, por conta do abuso. Ademais, por se tratar de uma relação desigual, promovendo humilhação e segregação, o alvo pode ser afetado psicologicamente, e, em casos mais abusivos, até mesmo fisicamente,reforçando a mazela na sociedade brasileira. Por exemplo, os autos de resistência no Brasil são documentos que o policial assina para justificar as mortes cometidas por eles, um abuso de autoridade, nesse caso, pode colocar vidas em risco irresponsavelmente.
      Portanto, é inegável que o problema do abuso de poder e autoridade no Brasil é um infortúnio que urge soluções. Para isso, é necessário o Ministério Público fiscalize mais severamente a ocorrência de tais casos, através de parcerias com ONGs e mídia, com fito de alcançar o apoio popular, incentivando denúncias dos casos e pressionando o Governo a atuar de maneira mais eficaz no combate deles, aplicando as devidas consequências aos responsáveis. Somente assim, o país poderá superar essa questão e cumprir com o lema estabelecido na bandeira.

Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!
Message comes here!
Aguarde