O CUPOM VOUPASSAR35 É VÁLIDO POR: dias horas minutos segundos

O abandono de idosos no Brasil

“Muito a aprender você ainda tem, jovem Padawan”. A frase dita pelo mestre Yoda, personagem de Star Wars de 900 anos, afirma que o jovem tem muito a aprender, porque é mais velho e mais experiente. No Brasil, essa relação entre ser mais velho e ser mais experiente não é praticada, visto que as pessoas abandonam os idosos, devido a diversos fatores. Dentre esses estão a falsa ideia de que ser velho, ao contrário do que é mostrado em Star Wars, é ser inútil, e a impunidade de quem comete o abandono.


 


 


Em primeiro plano, é lícito postular a ideia de ter uma idade atacante ser sinônimo de inutilidade como impulsionadora do abandono de idosos, já que os familiares usam como justificativa para a displicência, a falta de produtividade do idoso. Na Grécia antiga, a velhice estava associada à ideia de honra. Contudo, a civilização temia essa fase, pois o vigor da juventude era muito valorizado. Em contrapartida, a sociedade brasileira não respeita a fase idosa, por ter a ideia de que os idosos não possuem a mesma aptidão que os jovens, intitulando-os de inúteis. Como consequência disso, a falta de empatia com os idosos geram diversos casos de abandono, principalmente quando possuem alguma dificuldade, pois, a ideia de inutilidade coloca o idoso como um ser descartável frente à sociedade.


 


 


Outrossim, é irrefutável que a falta de punição é um fator que contribui para o desprezo com os longevos, uma vez que o idoso não possui seus direitos assegurados. Conforme o jornalista Gilberto Dimenstein, em seu livro “Cidadão de papel” as leis brasileiras são escritas, porém, não são executadas corretamente, transformando a legislação em letras mortas. Ademais, segundo o Estatuto do Idoso, os filhos maiores de 18 anos são responsáveis pelo bem-estar e pela saúde dos pais idosos. Todavia, isso não ocorre em razão de o Estatuto do Idoso ter sido transformado em palavras sem valor por causa de um Estado, que não pune os familiares que abandonam os pais idosos. Dessa forma, a negligência do Estado em tomar as devidas atitudes sustentam o desprezo pelos mais velhos.


 


 


Portanto, é de extrema importância que medidas sejam tomadas para solucionar esses impasses. De modo que isso ocorra, é essencial sejam realizadas campanhas, mostrando a necessidade de os familiares adquirirem mais empatia e não abandonem seu ancião. Além disso, a Coordenação de Políticas para Pessoa Idosa - órgão que têm como objetivo articular e integrar as ações públicas para pessoas idosas - junto aos órgãos da administração pública municipal, devem promover uma maior fiscalização no que tange os direitos dos idosos. Isso deve ser feito através de multas maiores e medidas mais punitivas aos abandonadores, com a finalidade de diminuir os casos de abandono dos mais velhos pela impunidade dos infratores. Dessarte, os idosos serão comparados ao mestre Yoda, ser com idade atacante e com muita experiência, e não serão mais abandonados.

Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!