O CUPOM VOUPASSAR35 É VÁLIDO POR: dias horas minutos segundos

O abandono de idosos no Brasil

De acordo com o Artigo 230° da Constituição Federal de 1988, é dever da família e do Estado amparar as pessoas idosas, embora percebe-se que, na realidade não há o cumprimento dessa garantia. Isso acontece devido à irresponsabilidade familiar - agravada pela ineficácia do Estado - gerando uma violência simbólica.
  Em primeiro plano, vale ressaltar o comportamento irresponsável dos familiares. Ao necessitar de cuidados especiais, devidos às modificações sofridas pelo corpo com a idade, os idosos são vistos como contratempo e acabam sendo desprezados pelos parentes. E, como agravante desse cenário degradante, o Estado, que deveria garantir com plenitude o bem-estar de toda pessoa idosa, deixa evidente as falhas em políticas públicas, como a falta de asilos públicos, onde, segundo o veículo informativo Estadão, apenas 6,6% dos asilos no Brasil são públicos.
  Paralelo a isso, vale também ressaltar, o sofrimento psicológico ao qual muitos idosos são expostos. De acordo com Pierre Bourdieu, sociólogo francês, a violência simbólica é exercida pelo corpo sem coação física, causando danos morais e psicológicos. Seguindo o raciocínio de Bourdieu, percebe-se evidentes semelhanças no cotidiano brasileiro, ao qual idosos são submetidos ao abandono e têm abalos psicológicos e sua dignidade fragilizada.
  É evidente, portanto, que medidas são necessárias para combater o abandono de idosos no Brasil. Assim, é essencial que o Estado, por meio do Ministério da Cidadania, crie políticas públicas eficientes voltadas para a população idosa, como o aumento do número de asilos públicos no país e fornecimento de apoio psicológico, para que seja garantido com plenitude seus direitos constitucionais. Além disso, a Mídia, por sua grande influência social, deve conscientizar a população dos cuidados que uma pessoa dessa faixa etária precisa e que abandono de uma pessoa idosa é caracterizado como crime. Essa conscientização deve ser feita por meio de propagandas em horário nobre, para maior alcance da população. Espera-se, que com essas medidas, os direitos garantidos aos idosos, sejam cumpridos.

Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!