O CUPOM VOUPASSAR35 É VÁLIDO POR: dias horas minutos segundos

Mulher e sociedade contemporânea

A trilha do protagonismo feminino
Durante a Segunda Guerra Mundial, mulheres viram seus pais e maridos indo para as frentes de batalha lutar pela sua nação. Isso fez com que elas tomassem a frente dos negócios e a frente da luta diária: os empregos que antes eram exercidos somente pelos homens. Diante disso, elas perceberam que poderiam ir muito além do âmbito familiar e rumo ao empoderamento.Porém, hoje em dia, a luta em prol dos direitos das mulheres no mundo contemporâneo ainda enfrenta muitos desafios. Cabe avaliar, nessa perspectiva, os fatores que ainda dificultam o maior empoderamento das mulheres.
Um dos fatores que as mulheres contemporâneas ainda enfrentam é o machismo estrutural. A sociedade, desde a Antiguidade, limita-as a papéis sociais específicos desde o nascimento, onde as mesmas devem ser ensinadas desde pequenas a se tornarem uma "mulher do lar",uma vez que a mulher é vista como frágil e subordinada ao homem. São diferenciados os papeis dos meninos e das meninas desde as vestimentas (rosa para elas e azul para eles) até com quais brinquedos cada gênero deve brincar (meninas com bonecas, casinha; meninos, carros e videogames). E a diferenciação das crianças não acaba na infância: quando as mulheres vão em busca de aprimoramento profissional se deparam, ao ingressar no mercado de trabalho, com a efetiva desigualdade de gênero refletida na diferença salarial entre os sexos, segundo dados da pesquisa feita pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), que diz que o salário da mulher ocupando o mesmo posto de trabalho que o homem corresponde a 72,9% do salário masculino. Ou seja: mesmo ocupando as mesmas posições, elas ainda não são valorizadas profissionalmente.
Outro fator que dificulta a trajetória delas é a objetificação das mesmas e isso se deve muito ao apelo midiático, onde tentam objetificar mulheres a fim de divulgarem seus produtos, como a venda massiva de revistas femininas de mulheres nuas que contribuem para a disseminação do imaginário da mulher como um produto. E isso tem como consequência o aumento da violência da mulher, que, muitas vezes, por simplesmente andar com uma roupa curta na rua, é alvo de assediadores que se acham no direito de assediá-la. Como disse Simone de Beauvoir, feminista francesa, "O homem é definido como ser humano e a mulher definida como fêmea. Quando ela se comporta como ser humano, ela é acusada de imitar o macho", deixando claro o fato da mulher não poder exercer o seu direito de existir como um ser humano livre, pois deve viver na submissão aos preceitos machistas.
Diante disso, vê-se que há muito a ser trilhado para a conquista plena dos direitos da mulher, tanto no campo profissional como social. O governo deve ampliar a presença de partidos formados por mulheres por meio da oferta de subsídios para que ampliem a influência delas nas áreas de decisão da sociedade, que é na política, fazendo com que mais mulheres tenham seus interesses representados. Além disso, leis devem ser enrijecidas por meio de fiscalizações para que sejam mais eficazes no combate às desigualdades salariais dentro das empresas, fazendo com que pessoas que ocupem o mesmo cargo ganhem igual, independentemente do sexo. A partir dessas ações, espera-se promover uma melhora nas condições da mulher, deixando de ser coadjuvante, para ser protagonista da própria história.



Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!