O desconto do plano APROVADO EM 2021 termina em: dias horas minutos segundos

Meios para o controle do lixo gerado no Brasil

    Desde a primeira revolução industrial, no século XIX, a relação da humanidade com a produção tem mudado significativamente, e entre as consequências disso, está o inédito volume de resíduos sólidos produzidos diariamente -principalmente após o advento do toyotismo- que precisa ser manejado responsavelmente. Entretanto, o estado vem sendo negligente nesse manejo, trazendo consequências graves para toda a sociedade brasileira.


   Primeiramente, têm-se a ausência da coleta seletiva, fazendo com que resíduos passíveis de reciclagem -um destino ecologicamente e socialmente saudável- sejam descartados sem distinção. Os recicláveis não orgânicos, por exemplo, se selecionados e reciclados, podem servir de matéria-prima para novos produtos, diminuindo a quantidade de lixo a ser descartada e aumentando consideravelmente a sustentabilidade da produção.


     Em segundo plano, observa-se que quase metade dos resíduos produzidos no Brasil não encontra um destino final adequado, como a reciclagem -orgânica ou não- e os aterros sanitários, sendo descartada em lixões a céu aberto ou aterros controlados, ambas opções anti-ecológicas e  prejudiciais à saúde humana. O resultado disso é a contaminação de preciosos recursos hídricos, a atração de vetores de doenças, a poluição do ar e do solo e outros problemas graves.


    Em síntese, têm-se que os dois problemas principais do controle do lixo gerado no Brasil são, respectivamente, a ausência da coleta seletiva e a falta de aterros adequados como destino final. Para reverter essa situação, cabe aos deputados federais a criação de uma lei que estipule, com prazos adequados e sanções econômicas ao descumprimento, a atenção ampla e emergencial à situação do lixo, desde a coleta -que deve ser seletiva e pensada para a reciclagem- até a construção compulsória de aterros sanitários por parte dos municípios negligentes. Este projeto deve envolver também as estruturas políticas minoritárias, que juntas farão com que esse projeto seja eficiente e responsável. Dessa maneira, o Brasil caminhará passos largos rumo a um futuro limpo e sustentável.


     

Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!