O CUPOM VOUPASSAR35 É VÁLIDO POR: dias horas minutos segundos

Meios para o controle do lixo gerado no Brasil

    A sociedade brasileira contemporânea desfruta de diversos avanços tecnológicos que permitem melhor higiene e qualidade de vida. Entretanto, a questão do lixo, apesar de demonstrar avanços significativos, encontra-se distante de um padrão considerado ideal. Isso ocorre por diferentes motivos, tais como, a ineficácia no descarte adequado de resíduos, e uma prática consumista por parte da população. À partir dessa perspectiva, torna-se necessário avaliar as causas, e possíveis soluções para esse dilema.


   Em primeiro lugar, evidencia-se que o descarte inadequado de uma parte dos resíduos produzidos pela população, é fator determinante para a permanência do problema. Pois certos produtos possuem um período extremamente longo para sua decomposição natural. Segundo dados disponibilizados pela mídia, materiais plásticos levam mais de 100 anos para serem completamente deteriorados. Esse fato se torna preocupante, tendo em vista que resíduos desse tipo são diariamente depositados em locais impróprios. Isso afeta negativamente a esfera sócio-ambiental, ao prejudicar diretamente a fauna, flora e todos os tipos de solo.


   Ainda vale ressaltar, que o consumismo praticado por determinadas pessoas, também é causador da problemática. De acordo com o sociólogo Émile Durkheim, indivíduos em formação tendem a adotar determinados comportamentos por conta da vivência em grupo. Logo, o que vem sendo propagado para as novas gerações, trata-se de uma cultura imediatista em relação aos bens de consumo, advinda do sistema de produção capitalista. Medidas devem ser tomadas para amenizar esse contexto, porque produtos em excesso, logo se tornam uma quantidade excessiva de lixo.


   Infere-se, portanto, que a questão do lixo no Brasil encontra-se prejudicada, e intervenções serão necessárias para a melhora do quadro. Sendo assim, cabe ao Governo Federal efetuar obras de construção para novos aterros sanitários, visando extinguir os "lixões a ceu aberto", e além disso, priorizar serviços de coleta seletiva para resíduos recicláveis em domicílios, isso poderá ocorrer através da contratação de trabalhadores especializados, atuantes em cada município, com objetivo de maximizar a reciclagem, e reduzir o lixo. Ademais, o Ministério do meio ambiente, em conjunto com as escolas, deve ampliar aulas e cartilhas com teor sócio-educativo. Com propósito de naturalizar as questões ambientais, com uso de diálogos sistemáticos, buscando despertar a consciência para a importância do desenvolvimento racional e sustentável. Dessa forma, as gerações futuras conviverão com um comportamento coletivo, que se propagado, será benéfico para a nação brasileira.

Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!