O CUPOM VOUPASSAR35 É VÁLIDO POR: dias horas minutos segundos

Meios para o controle do lixo gerado no Brasil

Funcionando como a segunda lei de Newton, a lei da Inércia, a qual afirma que um corpo tende a permanecer em seu movimento até que uma força suficiente atue sobre ele, o mudando de percurso, o grande volume de lixo gerado é um problema que persiste na sociedade brasileira há algum tempo. Com isso, ao invés de funcionar como a força suficientemente capaz de mudar a rota deste problema, rumo à extinção, a combinação de uma sociedade consumista aliada ao descarte incorreto do lixo contribuem com a situação atual.
Desde a revolução industrial, no século XX, a poluição ambiental aumentou consideravelmente, devido a implantação de fábricas e a produção em massa. Essa nova realidade contribuiu para a criação de uma sociedade moderna, voltada ao consumismo e desde então, muitos produtos são fabricados, pois há muitos compradores. Essa condição propiciou um grande volume de detritos descartados diariamente, o que acaba sendo contraproducente para a melhora da situação atual do lixo no Brasil.
Segundos dados de pesquisa, toneladas de lixo são gerados no país todos os dias. Ainda que uma boa parcela deste seja despejado em aterros sanitários, muito lixo com potencial para reciclagem vai parar em lixões a céu aberto, correndo o risco de contaminar os lençóis freáticos. Esse descarte incorreto está associado à falta de adoção da coleta seletiva pela comunidade, o que torna realmente inviável a transmutação de percurso do problema até a sua abolição da sociedade.
Desse modo, torna-se evidente a necessidade de uma tomada de medidas que realizem a mudança deste trajeto. Cabe ao governo, mais precisamente o Ministério do Meio Ambiente (MMA), estimular a coleta seletiva por meio da população, criando projetos que recompensem com descontos em impostos à quem a aderir. Concomitantemente, a mídia possui meios de incentivar, através de propagandas, o cidadão a tomar decisões mais conscientes, como diminuir o uso de produtos descartáveis ou a adoção de reutilização dos mesmos, dando-lhes novas funções, de forma a combater o consumismo desenfreado. Só assim, será possível funcionar conforme a força descrita por Newton e mudar o percurso do lixo no Brasil da permanência para a extinção.
Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!