O CUPOM VOUPASSAR35 É VÁLIDO POR: dias horas minutos segundos

Meios para o controle do lixo gerado no Brasil

Desde a Revolução Industrial e a aceleração no processo produtivo, o consumo e a produção vem crescendo lado a lado, junto com eles a quantidade de lixo gerado. Lixo esse que muitas vezes não tem a destinação correta e acaba prejudicando o meio ambiente e a saúde das pessoas. Ainda assim, a população parece não dar a devida atenção para esse problema.
O marketing e a propaganda divulgados pela grande mídia e redes sociais, são agentes importantes na perpetuação do estilo de vida consumista, esse estilo de vida que faz com que as pessoas comprem coisas que não precisam e descartem logo em seguida, afim de compra outras mais modernas. Desse forma é produzido muito mais, gerando mais lucro para as empresas e consequentemente mais resíduos. Segundo pesquisas, só no Brasil é descartado em média 250 mil toneladas de lixo por dia, dessa quantidade absurda apenas 53% é destinada para aterros sanitários.
Boa parte dos resíduos é encaminhada para lixões a céu aberto,incluindo lixos hospitalares, infectados e radioativos. Os mesmos atraem moscas, ratos e baratas que intensificam a proliferação de doenças, tais como: hepatite b, verminoses e leptospirose. Além disso o chorume gerado, pode contaminar lençóis freáticos e espalhar a contaminação para outros lugares. Apesar dos dados alarmantes e todos os problemas citados acima, não há uma preocupação por parte da população, que além de não fazer a sua parte dentro de casa, acaba não cobrando uma solução das autoridades e consequentemente pouco é feito a esse respeito.
Portanto, medidas são necessárias para resolver o impasse, se faz necessário fazer um bom uso da publicidade, para isso o MEC deve implementar campanhas publicitarias, na televisão e internet, dessa forma a população será alertada sobre os riscos causados pelos lixões, o consumo desnecessário, a importância da reciclagem e dos aterros sanitários. Além disso a Receita Federal, deve destinar uma maior verba para a construção de aterros sanitários, e o MMA fiscalizar principalmente as pequenas cidades e a forma de descarte do lixo nas mesmas. É importante também que o MME em parceria com o MMA e MTIC, estudem a possibilidade de implementar o sistema de biogás (gás produzido por meio do lixo) vigente em algumas cidades do Japão, que transformam lixo em energia, sendo uma solução para o acumulo de lixo, além de gerar energia.
Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!