ENTRAR NA PLATAFORMA
Medidas para superar o analfabetismo no Brasil
De acordo com a Declaração Universal dos Direitos Humanos, promulgada pela ONU em 1984, todos os indivíduos possuem o direito à educação e ao bem-estar social. Entretanto, no Brasil, de acordo com o IBGE, cerca de 11,8 milhões de pessoas são analfabetas, cujo maior parte são idosos que não desfrutam de seus direitos. Logo, medidas para erradicar a taxa de analfabetismo no Brasil precisam ser tomadas.

Primeiramente, deve-se ligar o número de analfabetos com a questão histórica, pois o maior percentual é de idosos, já que na época em que eles deveriam ter sido alfabetizados, a educação era tratada como algo para poucos e não recebia a devida importância para empregos, em grande maioria, não era necessário formação. Com isso, as pessoas não procuram se instruir, em poucos casos, aprendiam escrever o nome, sendo chamados analfabetos funcionais. Diante disso, esses indivíduos passam por diversos impasses, como não conseguir fazer uma transação em um banco, ler um livro ou se comunicar com as novas tecnologias vividas no século XXI.

Ademais, é mister lembrar da importância econômica diante a situação, cujo de acordo com o NPE, a região de maior índice de analfabetos é a região Nordeste, onde localiza grande porção da população carente do Brasil. À vista disso, as pessoas que tem uma renda menor, dependem da educação pública que é falha, muitos moram em regiões rurais distantes de escolas cujo meios de transporte são poucos ou insistentes, atrapalhando a busca por ensino.Além disso, fica evidente que não possuem chances igualitárias, afirmando que a educação brasileira ainda é falha e precisa de melhoras.

Portanto, tendo em vista que medidas para diminuir os números de analfabetos no Brasil são precisas, é necessário que o Ministério da Educação aumente políticas de educação para todos, implantando escolas voltadas apenas para alfabetização de crianças, jovens, adultos e idosos, por meio de turmas distintas e formas de aplicações compatíveis com cada faixa etária, incluindo a formação tecnológica, para que os indivíduos possam mexer na rede de internet, a fim de diminuir o grande número de pessoas que não saibam ler e escrever. Outrossim, instituições como ong's podem criar áreas recreativas em função do assunto. Dessa maneira, o Brasil será um país mais igualitário e seus moradores pessoas com a garantia do direito universal.
Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!
Message comes here!
Aguarde