O CUPOM VOUPASSAR35 É VÁLIDO POR: dias horas minutos segundos

Medidas para combater a prática de bullying e de ciberbullying na sociedade brasileira

Em março de 2019, um atentado a uma escola na cidade de Suzano deixa oito estudantes mortos. A justificativa para tal ato seria o bullying sofrido pelos estudantes quando ainda frequentavam a referida escola. O bullying na atual sociedade brasileira ainda é muito recorrente, frente a isso, dois problemas fazem-se relevantes: o bullying sofrido presencialmente, principalmente em escolas, e o cyberbullying.


Inicialmente, Freud, pai da psicanálise, afirma que as influências sofridas durante a infância acometem o individuo pela vida toda. Fato análogo ao bullying, que arremete, principalmente, as escolas brasileiras, e, com isso, deixa as vitimas com problemas de autoestima e pensamentos suicidas, que podem estar ou não somado ao ato terrorista.


Outro fato relevante seria o cyberbullying, prática mais fácil de cometer do que o bullying em si, em razão da ausência do confronto pessoal com a vítima. Por este motivo e, somado ao fato de o cyberbullying ser executado por computadores ou telefones celulares, fica mais difícil detectá-lo, pois apenas 20% das vitimas relatam a agressão, segundo o jornal IG.


É imprescindível, portanto, que medidas sejam tomadas para que a prática de bullying e de cyberbullying seja mitigado. Em primeiro lugar, é necessária uma intervenção estatal, para isso, o Ministério da Saúde deve disponibilize psicólogos às escolas para dar assistência tanto as vítimas quanto aos agressores do bullying, com a finalidade de evitar problemas psicológicos futuros. Em segundo lugar, cabe aos pais e professores incentivarem a denúncia logo após o ato ser cometido, salvando quaisquer provas da agressão cometida virtualmente, com a finalidade de identificar e punir os agressores. Dessa forma espera-se que o bullying e cyberbullying não componha mais a realidade do país.

Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!