O CUPOM VOUPASSAR35 É VÁLIDO POR: dias horas minutos segundos

Medidas para combater a prática de bullying e de ciberbullying na sociedade brasileira

Charles está no primeiro ano do ensino médio e sofre de ansiedade ao falar em público. No decorrer da história, conta que seu melhor amigo se suicidou por conta do bullying sofrido e a falta da presença dos pais pais que estavam se divorciando. É assim no livro "As vantagens de ser invisível". Fora das páginas, é possível fazer uma analogia ao cotidiano de muitos jovens.
É necessário ressaltar, antes de tudo, a ideia central do que era para ser o âmbito escolar: uma segunda casa para muitos terem verdadeiros laços de amizade. Entretanto, a falta de empatia pelo próximo e a vontade de auto se impor como superior, leva muitos a praticarem o bullying com os colegas de classe. Na maioria das vezes, sem terem reais noções de que essas agressões verbais podem gerar traumas físicos e psicológicos por toda a vida das vítimas.
Todavia, vale ressaltar a prática do ciberbullying na rede virtual -principalmente entre jovens- em que agressores se sentem em verdadeiras capas da invisibilidade e com o direito de maltratar outros indivíduos nas contas falsas e anônimas. Segundo uma estimativa do IBGE em 2016, cerca de 57,6 milhões da população brasileira possui menos de 18 anos. Contudo, muitos desses não possuem apoio profissional da área da saúde nas instituições de ensino. Assim, se chega a verdadeiros problemas na sociedade, como depressão e, sem uma boa orientação, desencadeia o suicídio.
Sendo assim, tornam-se necessárias medidas para se resolverem esses impasses. É fundamental que o Ministério da Educação, em consonância com o Ministério da Saúde, contrate psicopedagogos para atuarem nas escolas das comunidades e poderem proporcionar para os estudantes a resolução de possíveis dúvidas ou problemas que estiverem passando, com aulas práticas de filhos e pais sobre a questão da importância do diálogo e também consultas individuais com os alunos.
Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!