O CUPOM VOUPASSAR35 É VÁLIDO POR: dias horas minutos segundos

Maus-tratos a animais de rua no Brasil

No contexto social brasileiro,a querela referente aos vis maus-tratos perpetrados contra animais de rua é de extrema importância,uma vez que existe uma ampla negligência na aplicação das prerrogativas jurídicas as quais protegem os bichos.Esse panorama hostil requer ações incisivas tanto do poder público quanto da sociedade civil referenciada com o propósito de mitigar tais práticas indignas contra esses seres irracionais.


Em verdade,o ordenamento jurídico brasileiro prever que a defesa dos animais consiste em uma atribuição da coletividade e do Estado,dispondo de ações e recursos os quais viabilizem o bem-estar dos animais,todavia é recorrente os casos de abandonos e maus-tratos aos animais,tendo em vista que ,invariavelmente,quando chegam em uma idade mais avançada diversos pets são deixados nas ruas-vulneráveis as mais diversas atrocidades.Tal perspectiva demonstra um mau prognóstico seja das políticas públicas existententes para arrefecer o número de abandonos,seja da cultura deturpada imantada de não respeito à dignidade dos animais,tendo em vista que apesar existirem muitos projetos autônomos que recolhem e cuidam desses animais abandonados ,como o Projeto Acolher,em Macéio,desproporcionalmente eles não conseguem suprir as necessidades de grande parte dos bichos de estimação deixados nas ruas.


Com efeito,os dispositivos legais existentes,como a Lei de Crimes Ambientais-a qual prever multas e reclusão de indivíduos que incorrem com atos abusivos contra animais-são insuficientes para conter a incidência das barbáries condenáveis praticadas contra animais de rua,a exemplo de vários gatos pretos que foram mortos em rituais de magia negra,no interior de São Paulo.Outra questão é a escassez de projetos educacionais que fomentem a solidariedade com a causa animal tanto em escolas quanto em universidades.Tais empreendimentos oportunizariam os indivíduos a desenvolverem as habilidades de empatia com a questão dos animais de rua ,fazendo jus à Constituição a qual delega a defesa dos animais à coletividade.


Desse modo,na diligência de minorar os maus-tratos perpetrados contra animais de rua ,urge que o poder público intensifique uma cultura de valorização e amparo aos animais de rua,por meio de campanhas educativas,em mídias sociais de amplo alcance,por exemplo,enaltecendo a importância do acolhimento de animais de rua.Além disso,tal órgão deve recrudescer as penalidades aos transgressores,desencorajando as agressões.Outrossim,as escolas e as universidades devem incutir e desenvolver ações em prol da causa animal,a exemplo de ações que ambicionem arrecadar recursos para doar a instituições autônomas as quais acolhem animais de rua,ademais tais centros educativos podem ofertar voluntariado como forma de exercício de cidadania e participação ativa na comunidade.Tais ações conjuntas contribuíriam,sobremaneira, para a formação de valores benéficos a causa dos animais de rua.

Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!