O CUPOM VOUPASSAR35 É VÁLIDO POR: dias horas minutos segundos

Maus-tratos a animais de rua no Brasil

É incontrovertível que durante a pré história, os animais eram tratados como mercadorias, tornando-se meio de transporte ou usado para defesa do consumidor. No entanto, tal ser vivo era descartado quando desnecessário. Por analogia, na idade contemporânea, a rejeição dos mesmos é vista com frequência, deixando-os expostos à maus-tratos definido pela Constituição Brasileira como atos de abuso, ferir ou mutilar animais silvestres, domésticos, nativos ou exóticos.


Em primeiro plano, tem-se ênfase para os pretextos usados para o abandono. Assim, há pet shops que apresentam animais em vitrines,ofertando um preço para a aquisição do indivíduo, tornando-o um objeto. Ademais, diversas pessoas realizam a compra para presentear um ente querido, independentemente da disposição do presenteado. Além disso, o procedimento denominado castração em que resulta na incapacitação de reprodução e suprimento dos hormônios sexuais, também é fator decisivo para o desabrigo caso o animal não tenha passado pelo processo, visto que o dono não ostentará condições futuras para se encarregar de outro animal.


Por conseguinte, a Organização Mundial da Saúde estima que haja no Brasil mais de 30 milhões de animais abandonados. Nesse contexto, os vitimados passam a ficar sujeitos a cidadãos de má índole, propensos a cometer crueldades para com os mesmos. Dessa forma, acabam adquirindo desnutrição pela ausência de uma alimentação regular, tornando-se mais suscetível à contrair doenças. Convém destacar também o aumento de acidentes de trãnsito que causam o atropelamento de cães e gatos mais comumente. Outrossim, é frequentemente presenciado casos de cavalos abandonados presos à locais que os deixam expostos aos raios solares, evento constante no interior do país.


Portanto, é mister que o Estado tome providências para solucionar o quadro atual. Com a união e aptidão de entidades, associações e ONG´s especializadas no assunto e o Ministério Público, urge a implementação de sistemas de fiscalização eletrônica nas ruas largamente acometidas pela problemática. O alerta e incentivo a população brasileira por meio de outdoors para que se filme os maus-tratos. Assim, finalmente os dados estatísticos referentes ao assunto entrarão em decadência, e os culpados terão de cumprir pena.

Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!