O CUPOM VOUPASSAR35 É VÁLIDO POR: dias horas minutos segundos

Maus-tratos a animais de rua no Brasil

No filme "Rio", é apresentada uma arara azul domesticada por não ter aprendido voar, chamada Blue. Sobretudo, sua dona e ele vão ao Rio de Janeiro para encontrar uma arara fêmea da mesma espécie. Embora aparentasse estar tudo bem, Blue é capturado por contrabandistas que maltratam animais e, assim, vive duplamente aterrorizado: além de se preocupar com a sua dona por estar procurando-o, tenta achar maneiras de escapar das garras dos homens maus para não ser maltratado. Fora da ficção, é fato que a realidade exposta no filme pode ser relacionada com o problema do maus-tratos a animais de rua no Brasil: gradativamente, animais são maltratados em ruas por conta de seus antigos donos abandoná-los e eles ficarem sem um lar para viver.
Em primeiro lugar, é importante destacar que, por conta do antigo dono do animal abandoná-lo, fica sujeito a diversas situações: ir em busca de comida em novos lugares e passando a viver uma nova realidade, como Blue viveu sendo capturado. Contudo, os maus-tratos ficam mais claros a cada dia, um exemplo é o acontecimento em Osasco, que um segurança da rede de Supermercados Carrefour espancou uma cadela de rua com uma barra de ferro, em 2018, havendo revolta de pessoas nas redes sociais, solicitando a prisão do segurança e o boicote ao Carrefour. Paralelamente, esse é o contexto de fato social coercitivo segundo o sociólogo francês Émile Durkheim: quando o indivíduo age de forma não esperada pela sociedade, sofre algum tipo de punição ou censura.
Por conseguinte, vê-se que a falta de um lar para o animal, oriundo do abandono, causa o aumento de doenças e gravidezes contínuas, consequência da falta de cuidado de um dono. "No meio do caminho tinha uma pedra, tinha uma pedra no meio do caminho." Por meio desse trecho do poeta modernista Carlos Drummond de Andrade, percebe-se que determinado problema se configura como obstáculo na vida animal.
Portanto, é notório que o maus-tratos a animais de rua se caracteriza como um problema relativo à fragilidade das leis. Para a conscientização da população brasileira, urge que o Congresso Nacional elabore, por meio de seus representantes, uma legislação que reforçasse medidas para o abandono e maus-tratos dos animais, dando apoio a adoção deles e evitando mais casos de espancamentos. Outrossim, no âmbito social, as ONGs defensoras dos animais devem fazer campanhas publicitárias nas redes sociais incentivando a quem não têm mais condições de cuidar do seu animal, doá-los para terem um novo lar. Somente assim, será possível conter esse problema e, ademais, evitar os casos observados no filme "Rio".

Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!