O CUPOM VOUPASSAR35 É VÁLIDO POR: dias horas minutos segundos

Maus-tratos a animais de rua no Brasil

Segundo Bawman, a geração atual não é capaz de estabelecer relações sólidas, ou seja, tratam tudo e todos superficialmente. Isso ocorre porque as redes sociais proporcionaram a normatização de coisas que anteriormente eram inaceitáveis, devido a quantidade de vezes em que se tem contato com elas atualmente. Esses aspectos geraram a objetificação da vida e inibiram a empatia.


Logo, a maioria das pessoas tratam os animais como produtos que podem ser descartados quando não mais satisfazerem seus proprietários. No Brasil, estima-se que cerca de 30 milhões de cães e gatos tenham sido deixados nas ruas lutando por sua sobrivência. Entretanto, em alguns lugares houve uma iniciação ao debate quanto aos limites que deveriam ser impostos para proteger esses seres.


Porém, mesmo que na Bélgica tenham sido estabelecidos os direitos universais dos animais, as pessoas seguem indiferentes a isso. Prova disso, é a frequência com a qual vídeos de maus-tratos aos pets viralizam na internet. Alguns chegam a se sensibilizar com isso e os adotam, mas a maioria não se importa com a situação e ajuda na divulgação de tais atitudes cruéis.


Portanto, fica evidente que a violência foi se tornando algo tão comum de aparecer nas mídias, que já não gera incômodo. Devido a isso, cabe ao legislativo, responsável pela elaboração das leis, estabelecer punições para os agressores e para quem compartilha as agressões. Desse modo, será possível diminuir os índices de violência contra os animais e barrar a sua propagação, retirando a ideia de que é algo normal.

Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!