O desconto do plano APROVADO EM 2021 termina em: dias horas minutos segundos

Mais médicos

implantado em julho de 2013, pelo governo federal, o Mais Médicos vem trazendo impactos na área da saúde. Porém, tais impactos são colocados como a solução dos problemas que o Brasil enfrenta na área da saúde. Nessa esfera, o programa minora alguns problemas,entretanto, seus impactos não são plenos , pois não resolve a raiz do problema.
De fato, o programa Mais Médicos vem causando algumas melhoras no atendimento proporcionado pelo (SUS), pois implica mudanças em algumas áreas da saúde brasileira. Exemplo, disso, é o aumento do número de vagas de residencia e cursos de medicina que implica no aumento de números de médicos em áreas com deficite. Assim, cada cidadão irá gozar do direito a saúde assegurado na constituição em seu artigo 6º que trata dos direitos sociais.
Entretanto, mesmo com implantação desse programa, observa-se várias contradições que revelam que as soluções vam muito além. Segundo o (IPEA), Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada, o Brasil possui 1,8 médicos para cada 1000 habitantes, número que se mantem a cima da média estabelecida pela Organização Mundial da Saúde (OMS). Então, o problema da falta de médicos não é a questão. O que produz esse cenario de saúde falida é a falta de infraestrutura, investimento e boa administração. Além do mais, os médicos não se sentem atraídos para trabalhar em péssimas condições de infraestrutura e salarial. Não faltam médicos e sim infraestrutura adequada.
Portanto, observa-se que o programa é válido, mas não é plenamente eficaz. Para o Mais Médicos ser mais efetivo é nessessário investimento do governo em hospitais, disponibilizando todos os aparatos para a prática da boa medicina. Deverá, também, deixar a administração nas mãos de especialistas, ademais dar incentivos como: melhor salários e plano de carreira aos médicos. A sociedade não fica de fora, esta formando grupos de fiscalização e exigindo a transparência das gestões para diminuir a corrupção e melhorar a saúde.
Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!