O desconto do plano APROVADO EM 2021 termina em: dias horas minutos segundos

Mais médicos

Mais Médicos para o Brasil
De acordo com a Constituição de 1988, a saúde é um direito de todo cidadão brasileiro, porém, isso não é uma realidade no país. Visto que parte da população não possui profissionais de saúde dispostos a atendê-los nas áreas em que habitam, por não apresentarem uma estrutura hospitalar adequada, fazendo com que o programa Mais Médicos seja necessário como uma medida emergencial temporária.
Apesar do estudo "Demografia Médica no Brasil", divulgado em 2011, mostrar que o Brasil é o quinto país do mundo com maior número de médicos, grande parte das pessoas não conseguem atendimento hospitalar. Uma vez que esses profissionais da saúde não possuem interesse em atender nas áreas em que faltam luz elétrica e água encanada, como também segurança. Assim, mesmo o programa trazendo médicos estrangeiros para atuar nessas regiões, apenas amenizou o problema.
Contudo, o impasse está longe de ser solucionado. Com a falta de investimentos do governo em direitos básicos como saneamento básico, principalmente na região norte do Brasil, mas também em segurança, nas periferias das grandes cidades, faz com que uma grande parte dos médicos, inscritos no programa, também não queiram atuar nessas áreas, comprovando a ineficácia dos Mais Médicos a longo prazo.
Portanto, medidas são necessárias para resolver o problema. A Receita Federal poderia destinar uma parcela maior dos impostos arrecadados ao Ministério do Planejamento, para que ele possa iniciar um plano de instituição de saneamento básico nas áreas mais necessitadas, como também para a Polícia Militar, para que ela possa aumentar o policiamento nas comunidades mais perigosas. Dessa forma, todos terão direito a saúde, pois como pensava Aristóteles: a base da sociedade é a justiça.
Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!