O desconto do plano APROVADO EM 2021 termina em: dias horas minutos segundos

Mais médicos

Título: "Mais Médicos", uma medida eficaz?
-Pode-se dizer que o brasil é um país "em cima do muro" na área da saúde, ao mesmo tempo em que oferece um plano de saúde gratuito para a sua população(SUS), não garante a qualidade necessária que os brasileiros necessitam. E para mascarar a situação atual, desenvolve o programa "Mais Médicos", solucionando um problema mas criando outros.
-Segundo a ONG Rede Nossa São Paulo, de 96 distritos no estado de São Paulo, 30 não possuem leitos hospitalares sendo esses os lugares mais afastados da capital. Logo, percebemos que as periferias são esquecidas, onde o investimento nessas áreas é muito precário. Se não há leito, o que adianta ter médico? Sem contar com os outros instrumentos necessários tais como, seringa, maca, e mais diversos que estão em falta. Ou seja, o programa "Mais Médicos" é uma estratégia do governo para que a população acredite que a saúde tem melhorado, mas na verdade se torna um ciclo onde um problema leva ao outro e nada é de fato resolvido.
-Um outro ponto importante é que alocar médicos recém formados em regiões mais afastadas das áreas urbanas como prevê o programa, pode ser algo positivo para a população nessas áreas, que encarece desses profissionais, contudo isso irá resolver apenas os problemas mais simples, e aqueles que sofrem com doenças mais graves e mais comuns nos brasileiros, como câncer, derrame, ataques cardíacos, deverão ser levados para hospitais que possuem mais estruturas, médicos mais treinados, medicamentos específicos, e entre outros cuidados.
-Visto as razões apresentadas, conclui-se que espalhar médicos por todo o país é uma medida insuficiente. Sendo assim, é necessário um investimento maior do governo na saúde pública, tanto para adquirir mais profissionais capacitados e também para proporcionar uma estrutura e instrumentos adequados nas unidades. Também é de extrema importância uma seleção severa feita pelo estado, para escolha de bons gestores do SUS, que não desviem o dinheiro público, que promovam uma melhor organização nesse sistema, e tentem propiciar aos brasileiros a saúde digna que merecem.
Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!