O desconto do plano APROVADO EM 2021 termina em: dias horas minutos segundos

Mais médicos

Mais médicos e mais recursos para uma saúde de qualidade
Dentre os recursos básicos necessários dentro de uma sociedade está a saúde, e nesta, o Brasil sempre enfrentou dificuldades para obtenção de recursos e melhor auxilio de sua população. Para dar inicio à uma solução deste problema de escala nacional, o governo federal em 2013 inaugurou no Brasil o programa Mais Médicos, que por sua vez, agradou uma parte da população, mas também recebeu muitas críticas sobre seus regulamentos, especialmente da classe média brasileira.
O programa mais médicos consiste inicialmente, em sanar a escassez dos profissionais da saúde, principalmente nas regiões mais emergentes do país, como foi o caso por exemplo da região norte, que aumentou consideravelmente seu número de médicos e hospitais em relação ao passado. Os investimentos do governo, além de tentar suprir a necessidade de profissionais, também ocorreram em obras de infraestrutura, construindo unidades básicas de saúde (UBS) e hospitais com atendimento pelo sistema único de saúde (SUS) com melhores localizações para populações que não tinham nenhum acesso à estes recursos.
Em contrapartida, houveram muitas críticas ao programa por conta da vinda de médicos estrangeiros, pois inicialmente foi questionado se o governo federal não estava optando por estes aos médicos brasileiros, assim tirando vagas de trabalho de profissionais com graduação nacional. Porém esse questionamento foi rapidamente tido como insustentável quando as ofertas de trabalho em todo território nacional não foram preenchidas por médicos brasileiros, necessitando assim, da vinda de médicos brasileiros formados no exterior e médicos estrangeiros, respectivamente. Outro grande obstáculo visto pela população sobre o Mais Médicos, foi que os profissionais da saúde que vieram á trabalho pelo programa não necessitariam passar pelo exame de revalidação do diploma para atuar fora do país em que se formou (revalida), e esta medida foi interpretada por parte da população como algo que poderia vir à comprometer a saúde.
O programa solucionou parte do problema, porém a área da saúde ainda necessita de melhorias urgentes, pois em grande parte das vezes os profissionais não tem a instrumentação adequada para atendimento, exames e até mesmo medicamentos. O problema da saúde pública é algo que pode ser resolvido exclusivamente pelo governo federal, ampliando as vagas na graduação de medicina (como já foi feito pelo Mais Médicos), aumentando investimentos em instrumentação para exames e medicamentos e transportes para remoção em casos específicos, desta forma fazendo com que os médicos sintam-se mais motivados à trabalhar, e aumentando o interesse de novas gerações por essa profissão que vive em prol do bem estar social e é tão necessária em toda população brasileira.
Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!