O desconto do plano APROVADO EM 2021 termina em: dias horas minutos segundos

Mais médicos

Demora na marcação de consultas e cirurgias, falta de remédio e, na maioria das vezes, equipamentos quebrados. Essa é uma realidade frequente nos ambulatórios do nosso país. A fim de promover a melhoria no atendimento e suprir a carência de médicos, o governo criou o programa intitulado Mais Médicos. Apesar de ser um projeto inovador e trazer benefícios à população mais vulnerável, ele tem problemas quanto à continuidade e à desvinculação com outras ações da União.
Uma da problemáticas das políticas públicas no Brasil é que, em geral, são promovidas por um mandado e não pelo Estado. Dessa forma, a cada quatro anos são alteradas a forma de gerenciamento. Ultrapassando essa concepção para a saúde, o contrato do Mais Médico é por um ano e renovando por mais três e após a conclusão, o especialista não continua na unidade. Não é firmado um vínculo como as famílias. No Canadá, entretanto, existem os "personal doctor" - eles centralizam e se tornam responsáveis por todos os procedimentos de saúde da comunidade onde trabalham. Isso facilita o diagnóstico, uma vez que acompanham o paciente por longo tempo.
Aliada à descontinuidade do serviço, tem-se ainda a desvinculação de outros atos estatais. As medidas voltadas ao bem-estar não são desenvolvidas sozinhas. É importante conciliá-las ao saneamento e à educação, por exemplo. É de comum conhecimento que investir em setores que tangenciam a saúde contribui para diminuir casos de doenças endêmicas. A iniciativa Federal não tem essa amplitude, contempla apenas a presença do clínico nos hospitais como um fim.
A inserção de novos profissionais no sistema público trouxe lenitivo, principalmente, aos grupos mais carentes. Contudo, para que tenha maior abrangência, é necessário implementar melhorias. Portanto, para diminuir o transtorno da substituição dos funcionários, o governo poderia digitalizar os prontuários, essa medida facilitaria a comunicação entre os médicos e poderiam trocar conhecimento e experiência sobre o diagnóstico do enfermo. Além disso, as escolas deveriam promover debates sobre endemias e higiene pessoal. O empreendimento de diversas atuações fará com que o direito social à saúde seja alcançado plenamente.
Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!