ENTRAR NA PLATAFORMA
Lixo eletrônico e impactos socioambientais

Ao refugiar-se no Brasil, em meados do século XX, o escritor austríaco Stefan Zweig escreveu um livro cujo título ufanista até hoje é repetido: Brasil, um país do futuro. No entanto, ao observar questões acerca do lixo eletrônico e os seus impactos ambientais no Brasil, hodiernalmente, verifica-se que tal teoria não é vista na prática. Diante disso, é preciso debater como o consumo exacerbado assentua tal quadro e os prejuízos para o meio-ambiente.


A priori, é imperioso destacar que, o consumo de eletrônicos de forma desregada na sociedade contemporânea gera consequências negativas. Na animação cinematográfica "Wall-E", é retratada a história de um robô, desenvolvido para limpar a Terra, um planeta abandonado e coberto por lixo, resultado de décadas de consumismo em massa. Mesmo com a modernidade, no Brasil, o descarte de lixo eletrônico não difere da ficção. Destarte, nota-se que o constante apelo midiático incute nas pessoas o desejo de adquirir cada vez mais itens novos, consequentemente, muitos desses itens não são destinados uma coleta adequada.


Convém ressaltar, mormente, que o descarte incorreto de produtos eletrônicos gera detrimento à vida selvagem, à saúde humana, e também aos solos e lençois freáticos, devido as substâncias químicas presentes nele, o que é gerado pela despreocupação governamental em regular e fiscalizar o descarte adequeado e a falta de interesse dos fabricantes em reutilizar os materias. Diante disso, é necessário destarcar que a reciclagem é de  suma importância para impedir que os biomas naturais sejam afetados. 


Destarte, é mister que o Estado tome providências para amenizar o quadro atual. É necessário que, inicialmente, o governo destine verbas a ONG's que desenvolvem um trabalho voltado a preservação ambiental, além de dinfundir, por meios midiáticos, a localização dessas ONG'S e incentivar que os brasileiros colaborem com tal causa. Outrossim, é necessário que o Ministério do Meio Ambiente, em conjunto com o Ministério da Educação, promovam debates e campanhas em comunidades e escolas para explicar conscientizar sobre a importância da reciclagem, para que assim os produtos eletrônicos recebam um destino adequado, impedindo a deterioração da vida selvagem. Somente assim o Brasil poderá tornar-se um país do futuro, tal como afirmava Stefan Zweig.

Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!
Message comes here!
Aguarde