O CUPOM VOUPASSAR35 É VÁLIDO POR: dias horas minutos segundos

Limites do humor x Liberdade de expressão

"Posso não concordar com nenhuma das palavras que você disser, mas defenderei até a morte o direito de você dizê-las". Com essa frese, Voltaire resume o ideário iluminista da liberdade de expressar-se. Contudo, a que custo essa liberdade é mantida?
Visto que as normas sociais frequentemente são marginalizadas por intermédio de escárnios e zombarias, bem como, mimetizados sob forma de humor. Tal mazela moral, sempre que omitida pela justiça, desencadeia o processo de anomia descrito por Dahrendorf como invalidez dos regulamentos do comportamento humano e falta de fé no poder do Estado.
Tal qual, admitindo que para toda ação exista uma reação, não se pode pensar diferente no tocante às opiniões expressas, que devem ser julgadas caso a ação seja ofensiva. Por outro lado, a indiferença e falta de sensibilidade das pessoas, faz com que o humor negro ? a saber, piadas baseadas em desrespeito, preconceito e coisas semelhantes ? seja ignorado. Além disso, a precariedade dos processos jurídicos resulta na descrença de uma devida sanção.
Portanto, medidas devem ser tomadas para solucionar o impasse. Para tal, cabe ao Estado efetivar leis existentes de forma mais plena, além de assegurar a execução das mesmas. Ademais, é dever da escola e da família sensibilizar as crianças, desde cedo, para que aprendam a tratar os demais com devido respeito. Bem como, é recomendável que a mídia aborde a problemática, considerando sua enorme influência sobre as massas. Assim sendo, a liberdade de todos será preservada, mantendo uma isonomia harmônica.
Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!