O CUPOM VOUPASSAR35 É VÁLIDO POR: dias horas minutos segundos

Legalização da maconha

Nos últimos quarenta anos, o Brasil passou a combater criminalmente as drogas ilícitas. Neste período, o consumo aumentou expressivamente em todo país sem restringir nenhuma classe social. Todavia, é preciso medidas proativas através da legalização, sobretudo, da maconha. Como também, a conscientização que essa e outras drogas podem provocar, além da sua ligação direta ao crime que sintetizou aumento na população carcerária.
A legalização é hoje uma das pautas presente em quase todas as sociedades democrática mundial, por envolver seu alto mercado consumidor, saúde pública e segurança. No ano de 2013, o Uruguai foi à primeira nação a legalizar o consumo e transporte da maconha em lugares públicos em pequenas quantidades. Nos últimos anos, verificou no país um declínio no consumo da maconha comprada pelo traficante e na criminalidade, sobretudo, homicídio. Segundo o doutor em economia Milton Fredman, ?A proibição sempre produziu o aumento da procura?. Partindo dessa premissa, a guerra brasileira contra as drogas de forma punitivas falharam, com aumento do fornecimento e enriquecimento dos traficantes, como também, elevado números de jovens assassinados por disputa de influência do tráfico.
Outro fator relevante é a população carcerária que já passa dos 711 mil de acordo com levantamentos do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), a maioria envolvida com substancias psicoativa. Além disso, nos presídios há a bipolarização de grupos de facção criminal que controla o tráfico de drogas dentro e fora das cadeias públicas. Segundo dados do Ministério da Justiça, cerca de 80% dos jovens entre 18 a 24 anos no período de 2010 a 2017 tem ligação direta ao tráfico de drogas.
Torna-se evidente, portanto, a legalização para diminuir esse triste problema de saúde pública, segurança e superlotação dos presídios. Também, atrás dos meios de comunicação a conscientização para reduzir o consumo. Além disso, destinação de verbas de dotação orçamentária do Governo Federal para criar programas em comunidades com criação de parques recreativos em diversidades de esportes. Ademais, criação e ampliação de ONG?s que realizam excelentes trabalhos voluntários nessas áreas de influência das drogas.
Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!