O CUPOM VOUPASSAR35 É VÁLIDO POR: dias horas minutos segundos

Legalização da maconha

Livres e conscientes.
Edgar Morin em seu livro, A cabeça bem-feita, idealiza uma revolução na forma de pensar e solucionar problemas. Sob tal ótica, a questão da legalização da maconha no Brasil necessita de uma nova visão rumo a uma solução. De fato, o preconceito contra essa droga é o maior desafio dentro de uma sociedade com sistema carcerário superlotado por conta disso.
No concerne a esta questão, os presídios brasileiros, segundo o Jornal O Globo, possuem cerca de 60% da população carcerária presa por tráfico de entorpecentes, sem nunca terem tocado em armas. Além disso, 90% da drogas ilícitas no Brasil resume-se à maconha, logo, entende-se que há um alto índice de presidiários detidos por tráfico dessa droga. Entretanto, no Brasil permeia a exclusão de quem faz uso da maconha ou é a favor da descriminalização. Nesse panorama, é crucial tomar como exemplo o Uruguai, o qual legalizou a maconha, conseguindo diminuir o índice de violência e carcerários que, antes eram detidos por tráfico.
Aliado a isso, cita-se o exemplo do personagem Gigante Adamastor, de Camões que impedia os navios portugueses de atracar nos portos. De maneira análoga, o governo brasileiro, proibindo a maconha, impede uma revolução no combate ao crime pois, com a legalização, diminuiria o tráfico e a violência. Diante disso, o Brasil deve legalizar a cannabis sativa, vendendo-a em farmácias para maiores de 18 anos. No entanto, campanhas que visem a conscientização da população, ressaltando os riscos do uso da maconha, assim como o cigarro, remetem a usuários cientes dos possíveis problemas à saúde.
Derrubando o preconceito a usuários de maconha, idealiza-se uma novo panorama, sustentado em argumentos congruentes e que vão ao encontro a uma sociedade modelo. Contudo, a legalização da maconha deve acontecer apoiada a projetos que não criminalizem, mas sim, conscientizem sobre os riscos e males, através de palestras e seminários que devem ocorrer ainda dentro do ambiente escolar, formando cidadãos livres, mas conscientes de suas escolhas. De modo geral, tudo isso é essencial para a resenha de uma cabeça bem-feita.
Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!