O CUPOM VOUPASSAR35 É VÁLIDO POR: dias horas minutos segundos

Internet e o emburrecimento da sociedade

  Sob a perspectiva filosófica de Paulo Freire, se a educação sozinha não transforma a sociedade, sem ela tampouco a sociedade muda. Tal conceito associa-se ao emburrecimento da sociedade contemporânea, visto que o uso demasiado da internet se torna algo corriqueiro e essencial na vida da população, não sendo, no entanto, apenas benéfica. Nesse contexto, torna-se evidente a carência da sociedade em buscar contramedidas acerca do assunto, bem como o descaso das autoridades em analisar o supracitado.


  É válido salientar que, o uso excessivo de mídias digitais se tornou mais frequente devido ao descaso de profissionais educativos, visto que não buscam demonstrar e esclarecer que apesar das inúmeras vantagens adentas da tecnologia, seu uso demasiado causa consequências. De acordo com o neurocientista Michel Desmurget, em seu livro "A Fábrica de Cretinos Digitais", o uso excessivo de dispositivos digitais tem contribuído significativamente para uma alteração da linguagem, da concentração e do desenvolvimento neural de crianças e jovens. Desse modo, as implicações de uma educação tecnológica desleixada são visíveis.


  Em segundo plano, a negligência parental se apresenta como outra tribulação para o assunto, uma vez que muitos pais não se preocupam com os impactos da internet na vida das crianças. Segundo o filósofo Friedrich Nietzsche, em sua Teoria do Rebanho, os seres humanos tendem a aquilo que lhes parece correto, sem, no entanto, questionar sua veracidade. Desse modo, a diminuição da quantidade e qualidade das interações familiares tem influenciado no mau desempenho intelectual das crianças que, posteriormente apresentam baixos desempenhos acadêmicos.


  Torna-se evidente, portanto, a necessidade de repensar o comportamento de usuários menores de idade na internet. Assim, cabe às escolas, órgãos de formação educativa do cidadão, combater a negligência acerca das mídias digitais, por meio de palestras e aulas com especialistas no assunto, que deverão conscientizar desde cedo sobre os malefícios. Outrossim, compete ao Governo Federal, por meio do Ministério da Educação, criar campanhas através das mídias com o intuito de conscientizar a população sobre os efeitos negativos que podem ser acarretados pela tecnologia. Dessa forma, além de formar cidadãos mais capazes reconhecer tal adversidade, será possível construir uma sociedade mais bem intencionada e preocupada com o bem coletivo.

Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!