O CUPOM VOUPASSAR35 É VÁLIDO POR: dias horas minutos segundos

Internet e o emburrecimento da sociedade

      Em sua obra "Ensaio sobre a Cegueira", o escritor português José Saramago caracteriza a alienação da sociedade frente às diversas realidades sociais como cegueira moral. Tal conceito associa-se ao emburrecimento da geração contemporânea ocasionado pelo uso excessivo da internet, uma vez que o desenvolvimento cognitivo é vilipendiado, o que caracteriza uma afronta à dignidade humana. Nesse cenário, torna-se imprescindível analisar o descaso das autoridades e a negligência da sociedade civil para que o imbróglio seja sanado.


      Convém ressaltar, de início, que a utilização excessiva das mídias digitais é resultado do descaso das autoridades educativas, haja vista que os usuários desconhecem os seus malefícios. De acordo com o neurocientista francês Michel Desmurget, em seu livro "A Fábrica de Cretinos Digitais", o uso demasiado de dispositivos digitais afeta o desenvolvimento da linguagem, da concentração, da memória e da cultura de crianças e jovens, o que reduz o seu QI - Quociente de Inteligência. Dessa forma, é imperativo que as instituições de ensino trabalhe as bases educacionais dos cidadãos para estimular o uso consciente da internet. 


         Em segundo plano, é importante salientar que a falta de reflexão do corpo cívico a respeito dos impactos da internet na mente de crianças e adolescentes é outro fator agravante da problemática. Segundo o sociólogo francês Pierre Bourdieu, em sua "Teoria do Habitus", a sociedade possui padrões que são impostos, naturalizados e, posteriormente, reproduzidos pelos próprios indivíduos. Desse modo, tal condição acarreta perdas na qualidade e na quantidade de interações familiares, na diminuição do tempo dedicado a outras atividades como música, arte e leitura, em perturbações do sono e na subestimulação intelectual que impedem o cérebro da criança de desenvolver todo o seu potencial. 


         Fica claro, portanto, que medidas são necessárias para que o problema seja mitigado. Para isso, cabe à escola, instituição responsável pela formação educativa do cidadão, criar um programa de ensino da utilização consciente das mídias digitais, por meio de palestras, simpósios e debates para que jovens e crianças se beneficiem do uso responsável da internet. Ademais, o Governo Federal, por meio do Ministério da Educação, deve criar campanhas nas diversas mídias - digital, rádio e televisão - com o intuito de esclarecer a população acerca dos impactos negativos do uso excessivo da internet sobre o desenvolvimento do cérebro. Só assim a cegueira moral será curada.

Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!