O CUPOM VOUPASSAR35 É VÁLIDO POR: dias horas minutos segundos

Indígenas brasileiros na contemporaneidade

No início da colonização do Brasil os índios foram vistos como selvagens e como seres que precisam ser civilizados e catequizados para que pudessem viver com os novos donos da terra, os europeus. Engana-se quem defende que tal pensamento preconceituoso do século XVI tenha sido superado 500 (quinhentos) anos depois. As tribos indígenas ainda não possuem sua cultura ou suas terras respeitadas e infelizmente, poucas pessoas parecem se importar com isso.
A fase da literatura brasileira de prestígio aos verdadeiros donos das terras brasileiras durou pouco se comparado com todos os anos que esse grupo é visto como inferior. José de Alencar e outros autores do romantismo nacionalista/ indianista nos mostraram um pouco do convívio harmônico com natureza e da riqueza da cultura indígena. Atualmente a sociedade os enxerga como bons selvagens que, no entanto, são representados apenas em folclores e fantasias de carnaval. Demonstrando que apesar de ter se passado séculos, a visão da maioria em relação aos índios é repleta de esteriótipos.
Como se não bastasse terem sido enganados, explorados e desrespeitados durante tanto tempo, os povos indígenas ainda precisam lutar por direitos a terras. A agricultura e a pecuária avançam ininterruptamente pelas florestas brasileiras e com isso tribos indígenas são dizimadas todos os dias. São inúmeras as tribos que perdem suas terras e quando não são assassinados, precisam realizar trabalho escravo nos grandes latifúndios brasileiros na tentativa de sobrevivência. Esse é um triste exemplo em que vemos que eles continuam sendo obrigados à subordinação.
Faz-se essencial, portanto, parar de enxergar os índios como seres inferiores que não precisam ter voz na sociedade. A fim de solucionar esse impasse, é necessária a mobilização de agentes como o Governo Federal. Nesse sentido, o Ministério da agricultura e o Ministério da cultura devem por lei possuir um percentual de representantes indígenas, no sentido de assegurar proteção e respeito tanto as suas terras como a sua cultura. Desse modo, enxergaremos os índios como cidadãos e não como um personagens irreais ou tema de adornos carnavalescos.
Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!