O CUPOM VOUPASSAR35 É VÁLIDO POR: dias horas minutos segundos

Indígenas brasileiros na contemporaneidade

Desde que os primeiros portugueses chegaram ao Brasil e se confrontaram com os índios, a questão da posse daterra é um problema histórico até hoje posto em questão, visto que foi o principal alvo de disputa entre fazendeiros, posseiros contra índios e causou a morte de milhões de indígenas. E, para a preservação de uma cultura que faz parte do tripé cultural da formação brasileira, é necessária uma visão crítica sobre a garantia dos direitos indígenas sobre a terra.


De acordo com o historiador Sérgio Buarque de Hollanda, em seu livro "Raízes do Brasil", a construção do país se deu, sobretudo, com base na miscigenação racial dos portugueses com os índios. Esses primeiros habitantes tiveram intensa influência em toda a cultura nacional modalda até os dias de hoje, como em nomes de ruas das cidades, na literatura e nos cuidados medicinais. Segundo o princípio do uti possidetis, aqueles que efetivamente habitam a terra tem direito à ela, e os índios, como primeiros efetivos habitantes da terra, preservam o cuidado, o valor ancestral e espiritual da terra, ao contrário dos setores do agronegócio que vêem a terra com valor estritamente econômico.


Porém, apesar da base da cultura nacional ir de encontro com as raízes indígenas, o direito de ter suas terras sainda encontra impasses políticos. A Fundação Nacional do Índio (FUNAI) encontra problemas em solucionar os idlemas dos índios com os posseiros e com os fazendeiros, uma vez que a bancada ruralista do Congresso defende os interesses do agronegócio e privilegia o direito da posse da terra à utilidade capitalista em detrimento da posse indígena uma vez que privilegiar os setores agrários dá maior rentabilidade financeira às terras do que demarcá-las para os índios porém, como afirma o filósofo chinês Confúcio, " Não corrigir nossas falhas é o mesmo que cometer novos erros".


Portanto, medidas são fundamentais para as resoluções se efetivarem no âmbito político. A FUNAI em parceria com o Ministério Público tem que ampliar a visibilidade das questões indígenas na sociedade em geral por meio do debate sobre a importância da demarcação de terras indígenas e da preservação cultural a longo prazo com tal ação a fim de por em evidência a importância dessa questão no cenário nacional político por meio da cobrança de toda a sociedade. Deste modo, então, as raízes do Brasil deixarão de ser banhadas de sangue para ser banhadas por cultura.



Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!