O CUPOM VOUPASSAR35 É VÁLIDO POR: dias horas minutos segundos

Indígenas brasileiros na contemporaneidade

Brasil de Todos
Com a da chegada esquadra Portuguesa as Terras Brasileiras, deu-se inicio a interação dos Europeus com os primeiros habitantes desse vasto País, com isso, herdou-se benéficas condições, com a miscigenação e essa diversidade cultural. Porém um dos maiores genocídios de toda a humanidade estava por acontecer, com a extinção de quase toda a população Indígena do mapa. Todavia, atualmente essa situação está cada vez mais longe do fim, pois o índio não tem direito a terra, que ali habita desde o seu descobrimento, assim submetendo a diversos conflitos pela terra, como também sua população, está diminuindo cada vez mais devido a doenças hoje já curáveis.
Estima-se que a população Indígena em 1500 era de aproximadamente 5 a 8 milhões de integrantes, hoje, pouco mais de 817 mil, e isso vem persistindo graças a disputa de terra entre essas comunidades e fazendeiro, provem lembrar do direito a terra garantido pela Constituição a Indígenas, mais isso só no papel pois o que se vê é apropriação de terras legais a essa comunidade, para fins lucrativos, e com isso, varias disputas que levam a mortes de milhares.
Soma-se a isso, o direto básico a saúde, que muitos não tem, assim levando a doenças já remediadas pelos os homens, levando a morte súbita, pela a falta de profissionais aptos a socorrer esses.
Com isso, medidas são necessárias para impedir o impasse, tirar do papel e cumprir é algo fundamental, sendo assim a FUNAI determinará, onde é posse Indígena e onde é de fazendeiro, como também policiará esses territórios, com ajuda de drones e fiscalizações surpresa. Por fim o Ministério da Saúde capacitará e treinará profissionais afim de adentrar terras Indígenas, e assim amenizar esse quadro, e nisso dar uma melhor qualidade de vida aos primeiros Brasileiros.
Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!