O CUPOM VOUPASSAR35 É VÁLIDO POR: dias horas minutos segundos

Inclusão de autistas no Brasil

Em um episódio da série "Grey's Anatomy", que narra o cotidiano de um hospital fictício, um garoto com autismo chega ao local reclamando de dores. No entanto, por não saberem se comunicar corretamente com o paciente, os médicos tiveram dificuldade em diagnosticá-lo. Fora das telas, a situação não é diferente, pois o desconhecimento da sociedade brasileira acerca da síndrome, potencializado pela omissão Estatal, gera inúmeros preconceitos e impede o acesso dessa parcela da população a seus direitos básicos - como educação e saúde de qualidade.
A princípio, é imprescindível salientar que o maior responsável pela dificuldade vivenciada pelos autistas é o desconhecimento de grande parte das pessoas a respeito da doença, tendo em vista que ele provoca a criação de mitos - tal qual a história de que vacinas causam autismo, desmentida por vários médicos, como o Drauzio Varella, mas ainda considerada real por muitos grupos e bastante disseminada na internet - e não permite que a sociedade lide corretamente com os portadores - como mostrado na série supracitada -. Ademais, essa alienação em relação ao autismo é agravada pelo Estado, pelo fato de ele não tomar medidas que busquem resolver o problema. Vê-se, então, que o principal causador da exclusão social sofrida por aqueles que possuem a síndrome é a carência de informações sobre o assunto.
Em consequência disso, os autistas sofrem diversos preconceitos e não conseguem exercer plenamente todos os seus direitos. Isso ocorre porque o despreparo de profissionais, como médicos e professores, para lidar com os portadores do transtorno impede que eles façam um trabalho de qualidade com essas pessoas. Outrossim, a desinformação provoca a criação de preconceitos acerca dos autistas, o que agrava a exclusão social. Um claro exemplo disso aconteceu em setembro de 2018, na Argentina, quando um garoto com a síndrome, a pedido dos pais de seus colegas, foi isolado dos demais alunos. Sendo assim, como resultado da falta de inclusão, a comunidade autista sofre com inúmeros problemas diariamente.
Portanto, a pouca informação que a sociedade brasileira possui acerca do transtorno, aliada à inobservância governamental, é responsável pela falta de inclusão dos seus portadores, o que gera muitos efeitos negativos a suas vidas. Para resolver esse impasse, cabe ao Ministério da Saúde - principal órgão relacionado a temas ligados à saúde - se aliar aos meios midiáticos - grandes disseminadores de informações - a fim de combater a exclusão dos autistas. Isso deve ser feito por meio da abertura de pautas, em programas televisivos, que deem espaço para a discussão sobre a doença e da maior representatividade em filmes, séries e novelas, de personagens que a possuem. Dessa forma, as pessoas que portam a síndrome serão, finalmente, incluídas na sociedade e o cenário retratado em "Grey's Anatomy" deixará de existir.

Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!