ENTRAR NA PLATAFORMA
Impactos do Agronegócio na saúde

    A Constituição de 1988 garante a todo cidadão lazer, educação, moradia digna e saúde. No entanto, no Brasil, os impactos que o agronegócio gera na saúde da população, tanto pelo uso de agrotóxicos, quanto pelo tipo de produção agrícola e o seu destino são questões que precisam ser notadas com mais intensidade. Diante disso, é fundamental a discursão sobre esses aspectos, para o pleno funcionamento da sociedade.


    Em primeiro plano, é certo que o aumento desenfreado dos agrotóxicos é um grande problema de saúde pública. A esse respeito, o Ministério da Agricultura, pecuária e Abastecimento (MAPA), mostra que de 2015 a 2018 mais que triplicou a quantidade de agrotóxicos permitidos, neste mesmo período teve um aumento de 20% os casos de intoxicação por alimentos, segundo o Ministério da Saúde. A partir desses dados expostos, pode-se extrair uma preocupante conclusão, a de que o governo acaba por piorar a saúde da população visando a economia.


    Ademais, o modelo de agricultura brasileira baseia-se em grandes monoculturas de milho, soja e trigo, por ser produzido em grande quantidade seu preço é menor, acabando por favorecer o aumento de alimentos industrializados. Acerca disso, a Associação de Industrias de Alimentos (ABIA), revela que houve um crescimento de 18% de produtos industrializados. Portanto, é inconcebível que um país que almeja saúde de qualidade, não promova alternativas saudáveis do agronegócio a seu povo.


    Assim, medidas exequíveis são necessárias para o pleno funcionamento da sociedade brasileira. Dessarte, para mitigar os problemas dos impactos do agronegócio na saúde, necessita-se, urgentemente, que o Tribunal de Contas da União destine capital que por intermédio do MAPA, seja revertido em financiamento agrícola, através de programas governamentais, com juros baixos para a produção de alimentos orgânicos. Além disso, o governo federal deve endurecer a fiscalização aos produtos industrializados, estabelecendo uma quantidade mínima de conservantes e condimentos prejudiciais à saúde. Espera-se, desse modo, atenuar-se-á em médio e longo prazo, os efeitos nocivos dos problemas, e a coletividade poderá usufruir de um direito assegurado pela Constituição cidadã. E como disse Oscar Winld "O primeiro passo é o mais importante para uma nação".   

Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!
Message comes here!
Aguarde