ENTRAR NA PLATAFORMA
Impactos do Agronegócio na saúde

  O Brasil possui um forte agronegócio na sua economia desde a época que foi regido por Dom Pedro 1,atualmente ele que abastece a exportação de máterias primas como soja e o milho, que são realizadas por uma produção em latifúndius de monoculturas agrícolas, as mesmas para conseguir abastecer o mercado utilizam de inúmeros agrotóxicos em suas plantações, para diversos fins como: agilizar o crescimento,fortalecer a planta entre outros.Entretanto este ramo da economia propiciam riscos a saúde como a intoxicação e o aumento eminente de peso da sociedade brasileira. 


  Nos anos de 2015 cerca de doze mil pessoas chegaram aos posto de saúde redigistrados pelo SUS, com sintomas de intoxicação devido a agrotóxicos nos aliementos,segunto o jornal Correio Braziliense.Isto ocorre pois os agrotóxicos introduzidos nas plantações acabam adentrando nos lençois freáticos,que esta localizado abaixo da terra,ao se aderir o solo as plantas acabam absorvendo substâncias extremamentes tóxicas ao ser humano, que ao ingerilas acaba passando mal.O Ministério da Saúde alerta que a situção é preocupante e que esta relacionada diretamente aos agrótoxicos que são introduzidos a terra,os mesmos acabam causando danos maiores aos fazendeiros,por passarem mais tempo em exposição com as substâncias nocivas.


  Além dos donos de latífundios propiciarem aliementos que contém tóxinas,eles atuam em sua maioria em conjunto com grandes indústrias alimentícias que oferecem opções nada saudavéis a população, pois as mesmas priorizam os lucros e não a qualidade dos produtos oferecidos ao seus clientes.Como exemplo temos o caso de 2017 onde  o Ministério da Agricultura acabou denunciando a empresa multinacional BRF, por oferecer produtos que poderiam causar doenças, que resultou em 38 mandados de prisão pela Polícia Federal.Ademais, o número de obesos no Brasil correspondem cerca de 20% de toda a população brasileira,segundo o IBGE no ano de 2018,pois as industrias alimenticias acabam criando alimentos extremamentes calóricos e indutralizados,por um preço bem mais baixos do que o mercado dirigido pela agricultura familiar que propicia alentos livre de agrotóxicos consegue oferer.


  Devido aos aspectos abordados torna-se evidente a intervenção do Estado para diminuir os impactos causados pelo agronegócio brasileiro, onde o Ministério da Agricultura deve diminuir a liberação dos agrotóxicos nas palnatções além de reliazar anualmente pesquisas sobre como estas substãncias estão agredindo o solo e as pessoas. Ademais cabe ao Governo estimular o crescimento da agricultura familiar para que as mesma, sejam as que abastecem as indústrias alimentícias aumentando consideravelmente a qualidade dos produtos oferecidos a população, pois este tipo de agrcultura não utiliza de tantos agrotóxicos,além de oferecer academias públicas nos múnicipios para diminuir o peso da população, estas medias resultariam numa melhora a qualidade de vida dos brasileiros.

Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!
Message comes here!
Aguarde