ENTRAR NA PLATAFORMA
Impactos do Agronegócio na saúde

A Revolução verde foi um movimento que surgiu na América do Norte, em 1950, que tinha o intuito de usar tecnologias para aumentar a produção agrícola e assim extinguir a fome no mundo. Conquanto, o aumento do uso de pesticidas e a valorização da agricultura extensiva pioraram a qualidade de vida dos indivíduos, falhando em seu objetivo inicial, especialmente no Brasil. Nessa cenário, é essencial o debate acerca dos impactos do agronegócio na saúde dos brasileiros e como corrigí-los.


Em primeira análise, é necessário entender a relação entre o uso excessivo de agrotóxicos e o aumento de casos de intoxicação por esses produtos. Nesse sentido, o Ministério de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), que vem afrouxando as resrições no uso de veneno agrícola, divulgou dados fornecidos pelo Sistema Único de Saúde que relacionam o aumento do número de intoxicados à liberação de novos tipos de pesticidas pelo governo. Dessa forma, mesmo que as pessoas não consumam diretamente alimentos contaminados, o escoamento desses defensivos agrícolas, anteriormente proíbidos, atingirem rios e lençóis freáticos, contaminando a água local, os peixes dos rios e aos demais animais que bebem dessas fontes, envenenando de forma indireta àqueles que se nutrirem desses elementos.


Faz-se mister, ainda, ressaltar como o desestímulo à agricultura familiar e orgânica aumenta os índices de obesidade no país. Tal fato não é novidade, uma vez que o Brasil sempre deu preferência à monucultura de latifúndios para exportação, a exemplo da cana-de-açúcar e o café. Entretanto, o foco apenas na produção de "commodities", como o milho e da soja, aumenta a quantidade de superprocessados e enlatados no mercado. Dessa maneira, a agricultura familiar, que produz a maior parte dos vegetais para consumo interno no Brasil, perde espaço no mercado para alimentos ricos em gorduras insaturadas e com baixo teor nutricional, causando o ganho de peso da população e deficiência de vitaminas como o retinol, encontrado na cenoura e outros vegetais que possuam betacatorenos.


Infere-se, portanto, que medidas devem ser adotadas para solucionar esses entraves. É fulcral que o MAPA, por meio de decretos, vete o uso de agrotóxicos de alto risco e introduza o controle de pragas por agentes biológicos, visando a diminuição de intoxicações e dos impactos ambientais. Ademais, é necessário que o Ministério da Economia, por meio de incentivos fiscais, fomente a agricultura familiar para que ela possa competir pelo mercado interno de alimentos, aumentando a qualidade dos produtos ofertados. Dessa forma, as tecnologias inseridas no campo poderão tornar os objetivos da revolução verde uma realidade, aumentando a oferta por alimentos e a qualidade de vida dos indivíduos.

Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!
Message comes here!
Aguarde