O CUPOM VOUPASSAR35 É VÁLIDO POR: dias horas minutos segundos

Imediatismo da sociedade moderna e a dificuldade em lidar com as frustrações

 Em um dos episódios da série "Black Mirror", a reação e a forma de lidar com a insatisfação, advinda da morte do companheiro, da protagonista, está imersa numa realidade sustentada pela viabilidade da tecnologia de fazer com que a dor seja amenizada e desnecessária. Nesse sentido, fora da ficção, é possível notar um cenário análogo, no Brasil, uma vez que a gradativa inserção tecnológica nas mais simples atividades diárias, bem como o consequente sentimento de imediatismo, faz surgir uma condição na qual os indivíduos se encontram despreparados mentalmente para lidar com as frustações. Sendo assim, urge a necessidade de a temática ser analisada e pontuada, já que é contemporânea e diminui a autonomia emocional da população.


 Em primeiro plano, é valido lembrar que, desde o advento da Terceira Revolução Industrial, no século XX, os aparatos tecnológicos têm sido exponencialmente aprimorados e adaptados para atender as necessidades do cotidiano da sociedade. Nesse viés, é evidente que tal situação fomenta a dependência e a preferência dos usuários pela atuação da internet, devido principalmente à praticidade e à rapidez, nas tarefas que antes eram responsabilidade do indivíduo. Exemplo disso é o aplicativo de relacionamento Tinder, que sugere a união de pessoas que não se conhecem, bastando um simples "deslizar de dedo" para iniciar uma conversa, o que denota a passividade crescente antes mencionado.


 Outrossim, tal configuração vigente imerge a sociedade em um plano no qual a independência cognitiva é afetada pois, ainda que a tecnologia tenha tornado fluida as relações sociais, a capacidade mental é reduzida em virtude da falta de protagonismo diante de possíveis problemáticas comuns. Além disso, tal quadro se distancia do estado de "maioridade", denominado pelo filósofo Immanuel Kant, no qual as pessoas finalmente alcançam a identidade e determinação intelectual. Em síntese, embora o desenvolvimento tecnológico tenha trazido diversos benefícios para a comunidade virtual, o seu uso exacerbado corrobora para o imediatismo e, consequentemente, a dificuldade em lidar com as frustações.


 Por isso, medidas alternativas devem ser tomadas a fim de minorar a adversidade em questão. Logo, o Ministério da Tecnologia, aliado ao Ministério da Educação, maior órgão administrador educacional do país, deve promover o uso controlado e eficiente das tecnologias vigentes, por intermédio da criação de campanhas e projetos que incentivem o protagonismo nas relações sociais, bem como palestras esclarecedoras nas instituições escolares, contando com os principais líderes da educação. Tais ações terão como finalidade impulsionar de forma gradativa a autonomia cognitiva e assim, a capacidade de enfrentar frustações, alcançando o estado de "maioridade", definido por Kant.

Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!