use o cupom aprovado21 e ganhe + 21% de desconto extra 21% OFF

Imediatismo da sociedade moderna e a dificuldade em lidar com as frustrações

  Conforme o artigo 1º, da Constituição Federal de 1988, é previsto a dignidade humana. Entretanto, a realidade é diferente, uma vez que o imediatismo e a não superação de frustrações impuseram desafios à sociedade, como a apatia e distúrbios psicológicos. Dessa forma, torna-se importante analisar os principais impactos dessa problemática a fim de revertê-la.


  Em primeiro lugar, vale destacar a apatia social, visto que ela tornou o homem menos pensante e despreocupado com as relações humanas. Acerca disso, é pertinente trazer o pensamento do sociólogo polonês Zygmunt Bauman, o qual expõe que no mundo contemporâneo há o esvaziamento de sentimento e enfraquecimento das interações entre pessoas, pois o imediatismo hodierno impôs essa consequência. Nesse contexto, evidencia-se o egocentrismo na população. Logo, faz-se mister a reformulação desse comportamento diante disso.


  Em segundo lugar, importa ressaltar transtornos psicológicos, como ansiedade, já que o não saber lidar com frustrações é o principal causador. Sobre isso, interessa salientar dados divulgados pela Organização Mundial da Saúde, os quais expunham o aumento significativo de casos da Síndrome de Burnout, um distúrbio psíquico caracterizado pelo esgotamento mental e físico de pessoas com trabalhos intensos e frenéticos, pois a agonia e o estresse está presente na realização de muitas tarefas em um curto período e em ambientes competitivos, comportamentos inerentes em diversos serviços modernos. Nesse sentido, é perceptível a ampliação mazelas mentais. Dessa maneira, vê-se a necessidade de mudança de postura nos locais de trabalho.


  Sendo assim, é imprescindível a adoção de medidas capazes de mitigar os impactos do imediatismo e de frustrações na sociedade moderna. Posto isso, cabe à escola e à família estimularem a empatia nos mais novos. Isso deve ser feito por intermédio de discussões a respeito da importância das relações humanas e atividades lúdicas em grupo, dentro e fora da sala de aula, pelos pais e pelos docentes, com a finalidade de formar adultos aptos a respeitar e a compreender os sentimentos do próximo. Além disso, as empresas devem desestimular a competição entre seus funcionários por meio de incentivo de serviços em equipe com o intuito de evitar transtornos psicológicos neles. Assim, a Constituição efetivar-se-á.

Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!