O CUPOM VOUPASSAR35 É VÁLIDO POR: dias horas minutos segundos

Imediatismo da sociedade moderna e a dificuldade em lidar com as frustrações

    Segundo o filósofo de ascendência Sul-Coreana, Byung-Chul Han, vivemos na chamada "sociedade do desempenho" que nos obriga a sermos cada vez melhores e mais produtivos. Conforme esse pensamento, essa responsabilidade nos leva ao cansaço e frustração sendo aplicado às mais diversas àreas da nossa vida. No entanto, esse imediatismo da sociedade moderna, que causa a dificuldade em se lidar com frustações se deve majoritariamente à romantização do esforço e à pressão social por conquistas, configurando-se assim, como um problema que deve ser discutido e analisado.


   Em primeira análise, vale resaltar que a normalizaçao excessiva do esforço é algo que está presente em várias etapas do nosso desenvolvimento. Nesse viés, no anime "One punch man", Saitama -o protagonista-, adquire uma força incrível apenas com treino árduo. Fora da ficção, apesar da consciência de que apenas treinamento não fará possível o ato de um soco destruir cidades, internaliza-se a ideia de que com muito trabalho pode-se conseguir coisas inimagináveis. Apesar disso parecer algo positivo, esse pensamento -se mal discutido- pode refletir-se em frustrações e problemas psicológicos. 


   Ademais, convém destacar que a pressão por autodesempenho não está presente apenas em casa, através da família, mas também, na sociedade como um todo, que constantemente nos traz a sensação de não sermos capazes de acompanhar o andamento do mundo. Consoante ao pensamento do filósofo e sociólogo, Zygmunt Bauman, o imediatismo que se configura como uma "mal" do século é uma característica da "modernidade liquída" a qual Bauman diz estarmos vivendo. Esse pensamento pode ser relacionado à necessidade imediata de retorno em nossas vidas, o que por conta dos desafios enfrentados no caminho, provoca decepção em relação à si próprio e em relação ao mundo.


    Diante disso, com vistas a resolver o tema em questão e cuidar psicologicamente da população, o Ministério da sáude, em parceria com escolas públicas, privadas e universidades deverá promover a efetivação e disseminação do serviço de acompanhamento psicológico por meio meio de consultas semanais que objetivem ajudar crianças e jovens a buscarem seus sonhos de forma saudável. De mesmo modo, com o objetivo de melhorar o desempenho pessoal e profissional de jovens e adultos, cabe à mídia, por meio de propagandas objetivas em veículos comunicativos de destaque incentivar empresas, bem como indivíduos à se atentarem a saúde mental própria e de seus funcionários. Com isso, espera-se que a frustação advinda do imediatismo comtemporâneo seja atenuada.


    


      

Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!