O CUPOM VOUPASSAR35 É VÁLIDO POR: dias horas minutos segundos

Imediatismo da sociedade moderna e a dificuldade em lidar com as frustrações

No filme Click, um arquiteto cansado de tanto trabalhar, utiliza um controle onde pode passar todos os momentos ruins de sua vida e só viver os bons, mas acaba pulando praticamente todos os episódios de sua vida e se vê sozinho e infeliz no final. Fora da ficção, é fato que as pessoas estão cada vez mais querendo viver apenas os momentos felizes, procurando resultados imediatos e se frustrando quando não conseguem. Portanto, é importante entender as causas desse imediatismo e dificuldade em lidar com as frustrações, bem como suas consequências na sociedade moderna. 
Em princípio, a terceira revolução industrial possibilitou vários avanços para a tecnologia, dentre um deles, a troca de informações quase que instantaneamente. Porém, influenciou a sociedade a ser imediatista, ou seja, pensando apenas no agora, ignorando o passado e não pensando a longo prazo. Seguindo essa lógica, o escritor Rushkoff, afirma que essa postura inquietante é causada pela massificação dos meios eletrônicos de comunicação, ou seja, as redes sociais fazem com que as pessoas –principalmente os jovens- criem uma necessidade de que tudo seja resolvido de um dia para o outro, que na realidade não pode ser feito, e assim acabam frustradas. 
Ademais, a cultura do imediatismo e a inabilidade de lidar com as frustrações têm consequências graves para as relações pessoais, uma delas é sua ligação direta com doenças como ansiedade e depressão, que, de acordo com a OMS (organização mundial de saúde) são responsáveis por 800 mil suicídios em todo o mundo a cada ano. Nesse contexto, insere-se a teoria do sociólogo Zygmunt Bauman, que afirma que como as relações humanas estão cada vez mais líquidas, não há profundidade em nada e tudo acaba perdendo o sentido. 
Pelo exposto, medidas são necessárias para resolver o impasse. O ministério da saúde deve informar a população e, principalmente os jovens, nas escolas, a ter cuidado com as redes sociais para que elas não se tornem causas de problemas psíquicos como ansiedade e depressão. Fazendo isso por meio de campanhas nos meios de comunicação e também com o apoio de psicólogos e especialistas na área em escolas e faculdades. Espera-se com essa medida que o filme Click não seja repetido na realidade e que o imediatismo da sociedade moderna, bem como a dificuldade de lidar com as frustrações seja freada. 

Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!