O CUPOM VOUPASSAR35 É VÁLIDO POR: dias horas minutos segundos

Imediatismo da sociedade moderna e a dificuldade em lidar com as frustrações

O mundo vêm ficando pequeno desde que conheceu a tecnologia. Ela contribuiu em muitas formas com uma vida mais fácil e de qualidade. Entretanto ela trouxe um mal consigo, o vício do imediatismo. Todos querem fazer ou conquistar projetos, sejam eles sociais ou profissionais, mais rápido, provocando, na maioria das vezes, descontentamento com a não realização de algum. Além de contribuir para doenças emocionais, a frustração afeta a pessoa socialmente. Se não combatida, ela pode diminuir a qualidade de vida.
Embora a introdução da tecnologia como principal meio de comunicação seja algo relativamente novo no mundo, ela se espalhou rapidamente. Com a velocidade da internet, que permite encontrar qualquer informação dentro de segundos, veio também a vontade de efetuar qualquer coisa de maneira rápida e eficiente. Entretanto o ser humano não tem o pensamento tão rápido e organizado. A tecnologia tornou a todos preguiçosos, e com o saber na palma da mão, não é mais agradável os processos lentos e cansativos que levam a conquista de algo.
Ademais, o ser humano continua a se cobrar mais e mais. Seja no ambiente de trabalho, seja na escola. A não realização de algo almejado leva a uma auto-avaliação que, posteriormente, leva à frustração de não ter conseguido. Em muitos casos a idealização de algo é a base para a frustração. Causando stress e desanimo, que podem levar a sérios quadros de depressão ou exclusão social.
Portanto medidas devem ser tomadas para resolver esse impasse.Em relação ao Brasil, Ongs de fins sociais devem criar campanhas para conscientizar o uso excessivo de internet, ressaltando os problemas que ela trás à saúde. O governo deve, em parceria com marcas de eletrônicos, criar etiquetas que serão coladas em aparelhos novos com frases de conscientização como "Use com moderação" para relembrar os males que o imediatismo pode trazer ao cidadão.
Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!