O CUPOM VOUPASSAR35 É VÁLIDO POR: dias horas minutos segundos

Homossexualidade e preconceito no Brasil

No Brasil colônia, atos de sodomia, nome dado a homossexualidade na época, era visto pela igreja como crime. Os sodomitas e suas famílias eram condenados e castigados com a prisão. No entanto, a perseguição aos homossexuais mesmo sendo parte de um contexto do passado, ainda se faz presente na sociedade contemporânea. O preconceito enraizado na cultura e a inexistência de leis que criminalize a homofobia corroboram para que tal problemática perdure no país no limiar do século XXI.
A herança histórico-cultural , é uma das principais causas da homofobia no Brasil. Segundo o sociólogo Pierre Bourdier em sua teoria sobre o ?Hábitus? , toda sociedade incorpora os padrões sociais impostos e o reproduz ao longo das gerações. Sob tal ótica, podemos relacionar que, a influência de ordem religiosa no Brasil, faz com que as pessoas reproduzam visões preconceituosas impostas pela Igreja. Para a instituição, a homossexualidade configura em perversão sexual e pecado mortal, e o padrão que deve ser seguido é o modelo de relação formado por um homem e uma mulher. Portanto, as pessoas que não se enquadram a norma, são excluídas socialmente e se tornam alvos de intolerâncias e preconceitos.
Além disso, a falta de leis especificas, que punam crimes relacionados a homofobia ,contribui para a perpetuação de atos violentos contra os LGBT. Dados divulgados pelo Grupo Gay da Bahia (GGB), apontam que o Brasil é campeão mundial em assassinatos de homossexuais. Na visão do filósofo Sócrates, os erros são consequências da ignorância humana. Em analogia a esse pensamento, cabe ressaltar que o desconhecimento sobre o diferente influi em comportamentos inadequados, resultando em discursos de ódio e agressões. Diante disso, faz se necessário pautar, que a ausência de punições fortalece os atos homofóbicos .Pois, esses, se veem no direito de atacar e perseguir pessoas de orientação sexual contrária a deles.
Infere-se, portanto, que a homossexualidade no Brasil, apresenta entraves que necessitam ser revertidos. É preciso que a criminalização da homofobia seja urgentemente aprovada pelo Congresso Nacional. O Poder Legislativo deve tipificar atos homofóbicos como crime, através de uma Emenda Constitucional. Com a finalidade de penalizar e reconhecer a existência de violação dos direitos humanos contra homossexuais. Outrossim, as Instituições de Ensino devem introduzir no ambiente escolar, palestras e discussões em relação ao respeito a diversidade sexual. Tendo como objetivo de formar cidadãos esclarecidos e quebrar preconceitos impostos por uma cultura arcaica.
Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!