O CUPOM VOUPASSAR35 É VÁLIDO POR: dias horas minutos segundos

Homossexualidade e preconceito no Brasil

A irracionalidade do preconceituoso
O termo "homofobia" surgiu em meados dos anos 70 nos Estados Unidos, sendo utilizado pelo mundo a partir dos anos 90. O significado desta palavra seria "repulsa ou preconceito contra a homossexualidade", baseado na ideia do anormal perante a sociedade.
A cada 28 horas uma pessoa LGBT morre no Brasil fruto do preconceito do outro. Sendo renegado pela Igreja por muitos anos e por parte da sociedade, o homossexualismo é visto como pecado, algo sujo e doentio, conduzindo pessoas a acreditarem que existe cura para tal comportamento, quando na realidade, não tem nada para se curar.
De acordo com a civilidade, o que não entendem é que o preconceito que eles fazem com o outro tem uma repercussão maior do que imaginam. Um homossexual que é morto ou violentado leva esses problemas para casa, criando um ambiente familiar desequilibrado. Homofobia é crime e mesmo que mais pessoas estejam se declarando LGBT, ainda há muito o que mudar.
O Brasil é o país que mais mata LGBT no mundo, fruto de uma sociedade conservadora e sem informação. Para que o país perca este lugar no ranking, deve-se criar uma conversa aberta nas famílias para não incentivar o bullying nas escolas com colegas declarados homossexuais, ensinar a ter respaldo com o outro e, concomitantemente, ter o governo e a mídia trazendo uma maior reflexão de que a homossexualidade não é anormal e, sim, o preconceito.
Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!