ENTRAR NA PLATAFORMA
HIV na terceira idade

   


Os avanços científicos na área da saúde hoje já são essenciais para se viver bem e com conforto até o final da vida. O número de idosos infectados pela AIDS no Brasil ultrapassa cerca de quarenta por cento se comparado aos últimos dez anos, em que apenas cento e sessenta e oito casos de indivíduos contaminados, com mais de sessenta anos, foram registrados. Esse aumento se deve, principalmente, pelo restritamento das campanhas contra as IST´s (Infecções Sexualmente Transmissíveis), destinadas prioritariamente para jovens e adultos. Com isso, é necessário o abrangimento das propagandas informantes sobre a doença para todos os públicos.


            Em primeiro lugar, a utilização da camisinha na terceira idade ainda é pouco discutida, uma vez que muitos iniciaram a vida sexual em uma época em que pouco se falava sobre AIDS e, por isso, nunca tiveram o hábito de usar preservativo e nem se consideram um grupo vulnerável ao vírus, pois naquela época ele era pouco difundido. Atualmente, o surgimento de medicações que ajudam os idosos a ter uma melhor qualidade de vida sexual ativa, aumenta, por conseguinte os riscos de doenças que combinado com outras moléstias, pode tornar complicado o tratamento, dificultando o uso de medicações contra o vírus. Portanto, é preciso escolher muito bem os medicamentos que serão utilizados.


Outrossim, o diálogo sobre sexo ainda é um fator de constrangimento para grande parte da população mundial, causador de um certo regresso na sociedade, visto que o acanhamento relacionado ao assunto mantém a sociedade ainda muito resistente a realização de exames, altamente tecnológicos, que comprovam a veracidade da doença no ser. Devido a isso, a conversa e a introdução da educação sexual nas escolas possibilitam que desde cedo não haja constrangimento em falar sobre o assunto, como também, o conhecimento de métodos para evitar as doenças transmissíveis, assim diminuindo o número de pessoas contagiadas pelas IST´s e gerando uma melhor qualidade de vida e sexual para toda sociedade. 


Dessa maneira, portanto, é necessário o amparo financeiro do governo que, em conjunto ao setor do ministério da saúde, faça com que os medicamentos em postos de saúde e centros hospitalares sejam facilmente distribuídos, assim como o apoio em casas de asilo, para a realização de exames de sangue em indivíduos na terceira idade. Também, a circulação de propagandas em apoio aos grupos de pessoas infectadas de todas as idades, por meio de jornais, revistas e panfletos. Ainda mais, a obriagatoriedade das escolas em inserir em seu sistema de ensino, aulas de educação sexual por meio de palestras didáticas, que passam a importância do cuidado a esse assunto, também os preparando para a vida adulta.

Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!
Message comes here!
Aguarde