O CUPOM VOUPASSAR35 É VÁLIDO POR: dias horas minutos segundos

Gravidez na adolescência

A gravidez é um processo que exige extremo cuidado e responsabilidade, cabendo ao casal pensar bastante antes de tomar qualquer decisão para que infortúnios futuros não venham a acontecer. Assim sendo, se esta não for planejada, pode causar inúmeros transtornos ? financeiros e psicológicos -, ainda mais entre adolescentes, em fase de desenvolvimento e com obrigações escolares a cumprir. Entretanto, de onde se dá o problema¿ Quais as suas consequências¿
A distância entre pais e filhos, criada por receio ou vergonha, pode acarretar em uma gravidez indesejada durante a juventude. Percebe-se que assuntos sobre sexo podem ser levados ? mesmo nos dias atuais ? como tabu para muitas famílias, por estas, em grande parte, não terem tido acesso à educação e considerarem improprias discussões que envolvam tal temática, fazendo com que muitos não recebam a instrução adequada e tornem-se pais muito cedo. Segundo pesquisa divulgada em 2013 pelo Fundo de Populações das Nações Unidas, 12% das meninas brasileiras entre 15 e 19 anos já são mães. Posto isso, é imprescindível que os responsáveis criem uma proximidade com os jovens e falem abertamente sobre relações sexuais a fim de cessar com alguns de seus efeitos negativos.
No ambiente escolar, comumente vê-se uma aluna ou outra começar a mostrar uma barriga suspeita e a ausentar-se cada vez mais, resultando um dia, em um abandono por completo. Desta forma, a mulher prematura acaba que por evadindo o colégio e em muitos casos, o retorno as aulas é um evento um tanto quanto utópico, pois estas passam a cuidar das crianças e dos afazeres domésticos. Poucas são as vezes em que a menina retoma com os estudos, sendo mais notável quando esta vem de um lar abastado financeiramente e sua presença para cuidar do miúdo não faz-se inteiramente necessária. Em contrapartida, considerando o poder aquisitivo do brasileiro em geral, poucas são as que podem se dar ao luxo de terminarem os estudos e obterem uma qualificação. Por conseguinte, tem-se garotas desqualificadas profissionalmente, contribuindo para a desigualdade social e pobreza no país.
Por tudo isso, fica claro que a gravidez entre jovens brasileiros há de ser evitada para que prejuízos maiores não venham a acontecer. Consequentemente, os meios de comunicação devem alertar a população sobre a importância do diálogo familiar, que deve ser feito desde cedo. Assim como, o Ministério da Educação deve criar palestras e propagandas educativas sobre sexo, mostrando os métodos preventivos. Ademais, o Ministério da Saúde deve fazer campanhas falando sobre a gravidez precoce e suas implicações, além de distribuir, de tempos em tempos, preservativos entre os secundaristas.
Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!