O CUPOM VOUPASSAR35 É VÁLIDO POR: dias horas minutos segundos

Gravidez na adolescência

A gravidez na adolescência no Brasil é um dos maiores desafios,seja social ou político.Nesse contexto,é possível citar,sem dúvida,dois pontos importantes: a educação familiar e a educação escolar prejudicadas agrava o problema.
Primeiro,a educação familiar é primordial na vida sexual dos seus filhos.Por exemplo,o Brasil,segundo a Organização das Nações Unidas(ONU),diz que 26,8% da população é sexualmente ativa onde iniciou sua vida sexual antes dos 15 anos no país,ou seja,houve uma educação familiar prejudicada resultando,segundo a ONU,cerca de 19,3% das crianças nascidas vivas em 2010 no Brasil são filhos(as) de mulheres de 13 anos ou menos onde tiveram que abandonar seus estudos.Dessa forma,esse cenário é fruto de uma sociedade que está corrompendo o futuro de muitos jovem devido a falta de informação sexual.
Segundo,no país há uma educação falha quando se trata sobre sexualidade.Haja vista,que no Brasil,segundo a educadora e diretora do Instituto Kaplan ,Maria Helena ,já se tentou um parâmetro para que a educação sexual fosse um tema transversal nas escolas,ou seja,atravessar diversas matérias,mas sem capacitação suficiente o projeto não foi adiante.Esse cenário é fruto de jovens desorientados resultando em um alto índice de gravidez não planejada .
Posto isso, cabe ao Estado e a escola trabalharem juntos na formação do cidadão.Para tanto,o estado deve investir em programas como palestras que seja destinado aos pais para a orientação do diálogo em casa sobre a sexualidade e a vida reprodutiva dos filhos,bem como,a escola deve colocar uma matéria que fale somente,sobre saúde sexual e reprodutiva onde garanta aos adolescentes e jovens a informação correta.Assim,os índices de gravidez na adolescência diminuirão e o problema será amenizado.
Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!