O CUPOM VOUPASSAR35 É VÁLIDO POR: dias horas minutos segundos

Gordofobia e o culto ao corpo padrão

 No filme produzido pela Netflix, "Sierra Burgess is a loser",  é retratada a história de uma jovem que sofre bullying por ser gorda e não atraente perante as outras pessoas. No entanto, fora da ficção, está é uma realidade de milhares de jovens diante do mundo, visto que,  a construção estereotipada de um modelo de corpo considerado ideal, devido à forte influência da mídia na opinião das pessoas tem como consequência à dificuldade da autoaceitação. 


Em primeiro lugar, é importante constar que a busca pelo o corpo perfeito e inalcançável influência, significativamente, na saúde mental de pessoas, as quais são consideradas fora do padrão, uma vez que essas são, frequentemente, alvos de piadas preconceituosas desencadeando problemas psicológicos como depressão, por exemplo. Sendo assim, devido ao preconceito e falta de responsabilidade emocional de terceiros, pessoas gordas tem seus direitos infringidos, pois, de acordo com a Constituição de 1988, o bem-estar social é um direito de todo e qualquer cidadão. 


Ademais, segundo o que escritora norte-americana Naomi Wolf disse em seu livro "O mito da beleza", a fixação sobre o corpo feminino não é uma obsessão sobre a beleza das mulheres, mas, sim, uma obsessão com a obediência feminina à sociedade. Dito isso, nota-se a pressão estética que as mulheres sempre vivenciaram em suas vidas, seja por uma sociedade patriarcal ou então pela influência midiática, na qual, impõe um controle sobre o corpo feminino direta e indiretamente. 


Portanto, é preciso reverter essa problemática. Dessa forma, para que o Estado haja de forma efetiva, é necessário que invista na base, ou seja, a educação. Diante disso, cabe ao Ministério da Educação juntamente com as instituições de ensino, inserirem debates e palestras sobre autoaceitação, preconceito, questões alimentares e os impactos midiáticos na vida e saúde mental de um indivíduo, com o intuito de evidenciar de como o culto ao corpo padrão é um problema social e conscientizar os jovens a respeito de expressões preconceituosas que devem ser combatidas. Desse modo, futuramente, espera-se que as novas gerações quebrem barreiras e, finalmente os cidadãos tenham seus direitos constitucionais respeitados. 

Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!