O CUPOM VOUPASSAR35 É VÁLIDO POR: dias horas minutos segundos

Futuro da palavra escrita

Uso de mensagens de voz, palavras reduzidas, imagens, estrangeirismo tem tornado-se uma ato constante de guardar o já escasso tempo associado a um ritmo de vida frenético. Esses fatores evidenciam a busca de uma maneira mais simples e instantânea de se comunicar. Atrelado a isso, surge um meio de se expressar que faça o menor uso de palavras possíveis. Trocas de imagens e áudio têm ganhado um espaço maior.
Como ocorre na utopia ?1984?, de George Orwell, o uso de palavras ambíguas, curtas, têm ganhado espaço no cotidiano de muitos, bem como a captura de imagens que visam traduzir o que se evita escrever. O ritmo de vida de grandes centros urbanos e o uso contínuo de redes sociais, fezem desse ato uma ação corriqueira.
Imagens são assimiladas rapidamente pelo cérebro, tendem a provocar um impacto maior ao contrário da palavra escrita. Propagandas conhecem o funcionamento de nossos cérebro, por esse motivo apelam as imagens aos textos e as palavras.
Nas escolas já é frequente o uso de tablets com aplicativos educativos, os quais prezam pelas imagens para atrair a atenção dos estudantes. Esse cenário tende a crescer, o quadro negro tornar-se-á item de museu.
Virá o dia que imagens reinarão mas a palavra jamais deve ser esquecida. O que seria da literatura, dos livros ?
As palavras mesmo deixadas de lado sempre estarão lá, esperando para serem usadas.
É inevitável tentar conter ou cessar o aumento de imagens que por si só contam e dizem aquilo que poderia ser escrito, mas não se deve esquecer o rico acervo de palavras da língua portuguesa. O dicionário ainda tem de perpetuar. Para isso é importante sempre ler e escrever, sempre que possível. As imagens podem ter ganho espaço, mas a palavras não irão para o túmulo.
Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!