O CUPOM VOUPASSAR35 É VÁLIDO POR: dias horas minutos segundos

Formas de combater as doenças sexualmente transmissíveis no Brasil

Segundo Zgmunt Bauman, sociólogo polonês, autor da obra "Modernidade Líquida", a pós modernidade é marcada pelo individualismo dinâmico, o que consiste no imediatismo das relações sociais. Em princípio, é irrefutável que a propagação de ideias equivocadas sobre doenças sexuais no prisma mediático resulte na construção de um pensamento popular alienado.
Não obstante, ao contrário do posicionamento positivista de Durkein, Weber defende como tese que os processos e fenômenos sociais são dinâmicos, os quais necessitam ser interpretados para que se extraia deles sentido. Nessa lógica, pode-se afirmar que as moléstias da modernidade como as DST?s exigem uma discussão mais ampla sobre como uma sociedade que se declara civilizada ainda perpetua atitudes que provocam retrocesso.
Indubitavelmente, consoante com informações da Organização Mundial de Saúde (ONU), apenas 56,6% dos brasileiros, entre 15 a 24 anos, utilizam camisinha como um dos métodos contraceptivo. Dessa forma, as doenças sexualmente transmissíveis são consideradas como um dos impasses mais comum em ambos os sexos, tornando-se o organismo mais vulnerável, inclusive a aids, além de ter relação com a mortalidade materna e infantil.
Diante do exposto, cabe ao Ministério da Educação e Saúde assegurar projetos nas instituições de ensino com praticidade, deliberando limitações em debates esclarecedores, por meio de depoimentos de pessoas envolvidas com o tema, para que a sociedade, não seja complacente com a cultura de estereótipos difundidos socialmente. Por conseguinte, faz-se necessária a intervenção civil e estatal. O Estado juntamente com a mídia, deve agir enquanto veículo de propagação, fazendo campanhas em conjunto com grandes empresas acerca de métodos sustentáveis. Logo, poder-se-á minimizar gradativamente a problemática apresentada, contribuindo para o desenvolvimento do país.
Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!