O CUPOM VOUPASSAR35 É VÁLIDO POR: dias horas minutos segundos

Falsidade ideológica no Brasil

  De acordo com o Código Penal, no artigo 299, promulgada pela Constituição de 1988, devemos manter nossas identidades, para que possamos usufruir dos nossos direitos sem prejudicar a virtude de outro cidadão. No entanto, na prática, a realidade tem demonstrado práticas que diferem da lei proposta, tais como "falsidade ideológica". Por isso, medidas são necessárias para resolver este impasse.
  Primeiramente, de acordo com o Senado Notícias (SN), em meio a pandemia no ano de 2020, crimes constado como falsidade ideológica têm aumentado seu número, pois brasileiros alteraram suas identidades para receber o auxílio emergencial, disponibilizado pelo Governo Federal. É lamentável, que em um país composto por grande desigualdade social, fator comum de consciência aos cidadãos, brasileiros têm tomado posse do direito de outros. 
  Além disso, segundo o SN, cerca de 200 mil pessoas cometeram esse crime, para se beneficiar indevidamente do financeiro. Ademais, o debate sobre a corrupção brasileira precisa ser direcionado aos próprios habitantes do Brasil, pois é deplorável a existência do alto números de pessoas que praticam essa infração, mediante a uma crise econômica mundial.
  Sendo assim, o Governo Federal, atado ao Ministério da Justiça e Segurança Pública, devem destinar verbas para a conscientização sobre as leis punitivas contra a falsidade ideológica no Brasil, por meio de propagandas televisivas e físicas que esclareçam a desigualdade social e dificuldade enfrentada pelas populações carentes, aumentada com a corrupção no auxílio emergencial, a fim dessa comunidade usufruir dos seus próprios direitos. Assim, o Brasil será um país mais verdadeiro e menos corrupto.

Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!