O CUPOM VOUPASSAR35 É VÁLIDO POR: dias horas minutos segundos

Experimentos com animais

Redução de danos à vida animal

É conhecido que a 2ª Guerra Mundial com os requintes do Nazismo foi um período traumático para a humanidade. Uma das atrocidades se referia aos inúmeros experimentos científicos nas mãos de médicos como Josef Mengele, utilizando os prisioneiros como cobaias. Na contemporaneidade, respeitando os direitos humanos, essa maneira cruel é repudiada na ciência. Porém, uma nova problemática surge ao serem utilizados animais nessas pesquisas e haver resistência de parte da sociedade à essa prática. Por isso, deve-se ressalvar a importância dessa utilização e explicitar limites para diminuir possíveis danos.
Em primeiro lugar, é importante ressaltar que os experimentos científicos atuais são de extrema importância para a qualidade de vida das pessoas ? contrariando aqueles aplicados pelo Nazismo. Com efeito, vacinas, medicamentos, substâncias indispensáveis à saúde são estudadas e desenvolvidas em modelos animais. Esse tipo de escolha ressalva a integridade física do ser humano e se justifica com a escolha de seres com rápida reprodução e curto ciclo de vida, como os roedores. Além disso, o Conselho Nacional de controle de Experimentação Animal (CONCEA) cria normas que protegem o bem estar dessas cobaias.
Em contrapartida, pode-se observar que ainda há utilização de animais em pesquisas que são supérfluas e poderiam se utilizar de outros métodos ? é o caso do mercado de cosméticos. Hoje já é conhecido tecnologias de síntese de tecido animal in vitro e vários programas de computador para análise de cosméticos. Em 2013, dezenas de ativistas invadiram um laboratório na cidade de São Roque ? SP, para liberar cães da raça beagle, alegando maus tratos durante os procedimentos. Dessa forma, se torna injustificável o uso de animais e deixa pressuposto que sempre que existir um método alternativo, ele deve ser substituído.
Fica evidente, portanto, que há necessidade de usar animais em experimentos mas que há, também, oportunidades para reduzir seu uso. Sendo assim, o Governo Federal, junto ao Ministério da Ciência e Ministério da Saúde deve elaborar um plano de redução de danos à animais em pesquisas científicas. Para isso deve-se criar um banco de dados com todos os procedimentos ? limitados à saúde - em que os animais são indispensáveis para os estudos e explicitar aqueles em que outros métodos já existem para a substituição. Deve-se também estimular a produção de tecidos in-vitro e softwares de análise, coibindo a utilização de animais nas áreas de estética. Fiscalizando e punindo os que não substituírem os métodos. Dessa maneira, poderemos respeitar os direitos humanos e a vida animal, fazendo com que a ciência avance junto com a qualidade de vida de ambos.
Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!