O CUPOM VOUPASSAR35 É VÁLIDO POR: dias horas minutos segundos

Experimentos com animais

Ao longo de Séculos os experimentos utilizando animais eram visto como uma ferramenta de grande evolução científica. Porém, tais atos vêm sendo fortemente questionados nos últimos anos. Surgem dúvidas se esses procedimentos são realmente válidos e eficazes ou se há a
possibilidade de outros meios para produzir respostas à ciência.
Primeiramente, a utilização de cobaias, como os camundongos, deveu-se a semelhança do seu genoma com o genoma humano. No entanto várias pesquisas já comprovaram que por mais que haja alguma semelhança entre os genomas, os resultados causados em uma espécie não necessariamente valerá para a outra, já que o modo de vida, a alimentação e as relações com o meio são bastante distintas. Para resultados mais fiéis, há a alternativa de fazer os experimentos in vitro, onde haverá células humanas de diferentes órgãos e assim uma efetividade maior do que utilizando-se de animais, que na maioria das vezes não trazem benefício nenhum a medicina.
A persistência da utilização de animais como cobaias é baseado principalmente como meio de proteção da responsabilidade. De modo que se algo der errado com alguma droga, o fabricante pode mostrar os laudos realizados com os animais sem os efeitos colaterais apontados. Podendo também provar qualquer coisa que se queira, bastando haver uma espécie e uma configuração de testes que irá fornecer os resultados almejados.
Fica, claro portanto que, a utilização de animais como cobaias caracteriza-se como uma forma arcaica que servem apenas como um "escudo" aos fabricantes e já existem maneiras mais eficientes e sem danos a nenhum animal. A mídia em parceria com o Governo, podem usar seus poderes de influência, para propagar produtos e marcas que não façam testes com animais, por meios de campanhas publicitárias e reportagens exibindo seus benefícios, estimulados a sociedade a consumi-los e não alimentando empresas que persistem em fazer testes com animais. Talvez assim, a ciência possa evoluir de maneira sustentável sem se valer da dor do outro.
Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!