ENTRAR NA PLATAFORMA
Excesso de trabalho e saúde mental

           A constante evolução da relação do homem com o trabalho permitiu, ao longo da história, a mudança de um modelo braçal, no qual estava pautada a sobrevivência, para um modo de trabalho pensante e intelectual. Porém, com essa modificação surgiram, também, novos desafios e problemas, como as doenças mentais, que impactam diretamente a sociedade e a economia do país.


         Em primeiro lugar, é preciso observar que com a passagem do modelo fordista de trabalho para o toyotista, o individuo passou a fazer várias tarefas e ter consciência do seu serviço. Entretanto, o que se nota atualmente é que esse excesso de funcionalidade do funcionário acarreta em uma sobrecarga do mesmo. Aliada à isso, as metas impostas e o ambiente competitivo das empresas desencadeiam doenças psíquicas, como a depressão, ansiedade e a Síndrome de Bornout (ou de esgotamento profissional), que ainda são consideradas como tabu na sociedade.


          Além disso, é imprescindível ressaltar que no Brasil a terceira maior causa de afastamentos nos empregos é relacionada às doenças mentais. Com isso, surge um paradoxo no qual o excesso de trabalho leva a improdutividade. Diante disso, muitas pessoas ao não possuírem condições para exercer suas funções acabam se aposentando por invalidez, gerando prejuízo para a empresa. Como consequência, ocorre uma sobrecarga do sistema previdenciário brasileiro que não tem suporte para tantas pessoas se aposentarem precocemente, podendo gerar uma crise econômica no país.


           Pode-se dizer, portanto, que o excesso de trabalho de trabalho causa graves consequências sociais e econômicas. Em virtude disso, é necessário que as empresas privadas tornem o ambiente corporativo mais saudável, por meio de instalações de áreas de interação e oferecimento de apoio psicológico, para manter o empregado com boa qualidade de vida. Ademais, é importante que o governo conscientize a população, por meio de campanhas e propagandas, sobre os efeitos do excesso de trabalho e a da relevância dos momentos de lazer e exercícios físicos para uma vida equilibrada.  

Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!
Message comes here!
Aguarde